Siga o OTD

Futebol

Dia agitado define 22 grupos na Copa São Paulo

Quinta-feira agitada tem 44 partidas e definição de 22 grupos da Copa São Paulo de Juniores; primeira fase termina nesta sexta

Santa Cruz venceu Flamengo-SP pela Copa São Paulo- Foto: Cristiano Fukuyama/Santa Cruz
Foto: Cristiano Fukuyama/Santa Cruz

A quinta-feira foi bastante agitada na Copa São Paulo de Juniores. 44 partidas foram disputadas e 22 grupos definidos para a próxima fase da competição.

Ao todo, 160 gols foram marcados. Dos 44 jogos, 9 terminaram empatados, 3 deles em 0 a 0. Houve goleadas, viradas, jogos com expulsões, zebras e favoritos confirmando o favoritismo.

O Olimpíada Todo Dia fez um resumão de tudo o que aconteceu nesta quinta-feira (9), contando como foram as partidas, quem se classificou e quem foi eliminado. Confira.

+CONFIRA A TABELA COMPLETA DA COPA SÃO PAULO DE JUNIORES

Grupo 01

A Ponte Preta jogava por um empate contra o São José, do Rio Grande do Sul, para se classificar para a próxima fase. Já a equipe gaúcha precisava vencer para conseguir a segunda vaga do Grupo 01.

Aos 28 da primeira etapa, Andrey abriu o placar para a Macaca. No minuto seguinte, o São José empatou com Taissinho. Logo no começo do segundo tempo, os gaúchos viraram a partida. A vaga estava nas mãos do São José até os 42 minutos, quando João Veras, de pênalti, definiu o empate e a classificação para a Ponte Preta.

Na segunda partida do grupo, o já classificado Londrina foi surpreendido pelo Osvaldo Cruz e perdeu por 3 a 2. Depois de estar perdendo por 2 a 0, o time da casa correu atrás do placar e venceu uma partida pela primeira vez na história da Copa São Paulo.

Grupo 02

No Grupo 02, o Timon, do Maranhão, enfrentou o já eliminado Olímpico e garantiu a classificação para a sequência do torneio. Com uma goleada por 4 a 0, os maranhenses somaram 6 pontos e ficaram com a segunda posição do grupo.

A liderança do grupo ficou com o Santos, que enfrentou o Marília e venceu por 2 a 1, de virada. O Peixe terminou a primeira fase com três vitória e 9 pontos conquistados.

Santos venceu Marília e garantiu a liderança do Grupo 02. (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Grupo 03

O Botafogo-SP jogou primeiro no grupo 3 na busca da classificação. Enfrentou o lanterna Dimensão Saúde e venceu por 2 a 0, se classificando em primeiro lugar. Os dois gols foram marcados por Edgar.

Com o resultado, o Assisense encarou o Atlético-GO precisava apenas de um empate diante de seu torcedor para passar em primeiro. O time de Goiás, entretanto, aplicou 4 a 0 sobre os donos da casa e avançou com 5 pontos.

Grupo 04

O Botafogo precisava de pelo menos um empate contra o Noroeste para avançar à próxima fase da Copa São Paulo. Conseguiu mais que isso: venceu os donos da casa por 2 a 0, com dois gols de Enio.

Na outra partida, o já classificado Grêmio Novorizontino não tomou conhecimento do Visão Celeste, do Rio Grande do Norte, e atropelou o adversário por impressionantes 8 a 3. Botafogo e Novorizontino terminaram a primeira fase com os mesmos 7 pontos, mas a equipe paulista ficou com a liderança graças ao saldo de gols.

Grupo 05

O Serra, do Espírito Santo, empatou com o Guarani por 1 a 1 na primeira partida do Grupo 05 e chegou aos 4 pontos e à segunda posição na tabela. Com isso, a equipe precisava torcer para que o XV Jaú não vencesse o Vitória para garantir a vaga para a próxima fase.

E a equipe baiana não decepcionou. Com dois gols no segundo tempo, o Vitória garantiu a liderança do grupo e ainda ajudou o Serra a chegar na segunda fase da Copa São Paulo.

Grupo 06

O Grupo 06 chegou até a última rodada da fase de grupos totalmente indefinido. Na primeira partida do dia, o Red Bull Brasil goleou o Nacional, do Amazonas, por 4 a 1 e garantiu a vaga e a liderança da chave. Já os amazonenses acabaram eliminados da competição.

Na segunda partida, o Paraná, com um jogador a menos, arrancou um empate em 1 a 1 com o Velo Clube e conseguiu a segunda vaga pelo saldo de gols.

Red Bull Brasil comemora classificação no Grupo 06. (Foto: Fernando Roberto)

Grupo 07

No Grupo 07 da Copa São Paulo, os já eliminados Linense e Confiança, da Paraíba, se enfrentaram em Santa Bárbara D’Oeste e os paulista atropelaram os adversários por 4 a 0.

No outro confronto do grupo, Capivariano e Internacional precisavam definir quem terminaria a primeira fase na liderança. Mas em meio a um dilúvio e com o campo muito prejudicado, as equipes terminaram a partida em 0 a 0. Graças ao saldo de gols, o Inter terminou em primeiro no Grupo 07.

Grupo 08

No embolado Grupo 8, que começou a quinta-feira com todas as equipes com três pontos, o Volta Redonda derrotou o Galvez por 3 a 0 com gols de Lorenzo, Gregório e João Lino e garantiu classificação. Às 15 hs, o Desportivo Brasil venceu o América-MG por 1 a 0, mas ficou a frente do Volta Redonda por ter mais saldo de gols.

Grupo 09

No grupo 9, na primeira partida da tarde, o Votuporanguense precisava do empate diante do lanterna Brasil de Pelotas para passar para a segunda fase, mas acabou vencendo o por 2 a 0, avançando dessa maneira em primeiro. O time do Rio Grande do Sul foi eliminado sem marcar nenhum gol na competição.

Às 15hs, Tanabi e Fortaleza jogaram para decidir quem avançaria em segundo do grupo. O time da capital cearense jogava por um empate para eliminar o adversário. Mas o Tanabi mostrou que evoluiu desde a primeira rodada, quando foi goleado por 6 a 1 pelo Votuporanguense, fez uma bela partida e venceu por 2 a 1, avançando na segunda colocação.

Tanabi venceu e se classifiocu na segunda posição. (Foto: Renan Contrera/Tanabi Esporte)

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Grupo 10

Pelo Grupo 10, os já eliminados Nova Iguaçu, do Rio de Janeiro, e Linhares, do Espírito Santo, se enfrentaram na cidade de Bálsamo e os cariocas atropelaram o adversário por 5 a 0. Marcus Vinícius, duas vezes, Mezenga, Wesley Manga e Canela fizeram os gols na despedida das equipes da Copa São Paulo.

Na outra partida do grupo, Mirassol e Joinville precisavam definir o líder da chave. E os catarinenses se deram melhor, vencendo por 3 a 2. Felipe abriu o placar para o Mirassol logo aos três minutos de jogo. Um minuto depois, Edson empatou o confronto. Bruno marcou duas vezes e virou a partida para o Joinville. Lucas diminuiu para o Mirassol, ainda no primeiro tempo.

Com a vitória, o Joinville garantiu a liderança do Grupo 10 com nove pontos e manteve o Mirassol na segunda posição com seis.

Grupo 11

O Fluminense, do Piauí, enfrentou o Retrô de olho na segunda vaga do Grupo 11. Depois de sair na frente no placar, os piauienses tomaram o empate. Com o resultado, o Fluminense chegava a 4 pontos e precisava torcer por um derrota do Francana contra o Corinthians.

Mas não foi isso que aconteceu. A equipe da casa enfrentou o já classificado Corinthians e saiu atrás do placar aos 25 da primeira etapa. Mas, já nos acréscimos da partida, Leonardo empatou o confronto e deu a vaga para o Francana, para delírio da torcida local. Fluminense e Francana terminaram com os mesmos 4 pontos, mas a equipe paulista venceu no saldo de gols.

Corinthians e Francana empatam e ambos se classificam. (Fotoo: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Grupo 12

Na chave 12, o primeiro jogo foi entre Cuiabá e Desportiva Perilima. As duas equipes duelavam diretamente pela segunda colocação do grupo, já que o Juventude já estava classificado em primeiro. O Cuiabá só seria eliminado com uma derrota. Em um primeiro tempo eletrizante, a equipe do Mato Grosso saiu vencendo por 3 a 2. No segundo tempo, o Perilima teve três jogadores expulsos e mesmo assim, chegou a empatar o jogo, ficando a mais um gol de avançar. Nos acréscimos, o Cuiabá garantiu a vitória por 4 a 3.

Na conclusão do grupo, o Juventude chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas confirmou o favoritismo, virou e avançou em primeiro com 9 pontos.

Grupo 13

O Tupi-MG, no Grupo 13, precisava do empate contra o XV de Piracicaba no confronto direto pela vaga, e acabou vencendo por 3 a 1. A derrota eliminou o time paulista e, de quebra, classificou o Bahia. A equipe baiana entrou mais tranquila às 15hs e perdeu por 2 a 1, perdendo a chance de ficar em primeiro do grupo.

Grupo 14

No Grupo 14, o Gama venceu o Rio Claro por 5 a 2 com gols de Lila, Breno, Muriel, Índio e Fernando. O resultado deixou a equipe com 4 pontos na segunda colocação do grupo. O time da capital do Brasil precisaria torcer na sequência para o Athletico-PR – já classificado em primeiro do grupo com 6 pontos – manter o favoritismo e vencer o Paulista de Jundiaí. O Furacão não decepcionou. Goleou o Paulista por 5 a 1 e eliminou o time do estado de São Paulo.

Grupo 16

Vila Nova e Inter de Limeira fizeram o jogo dos eliminados no Grupo 16 e o Vila venceu por 2 a 1, conseguindo a primeira vitória na competição. A Inter saiu com três derrotas.

Taboão da Serra e CRB fizeram às 15hs o duelo para ver quem seria o primeiro e quem seria o segundo lugar do grupo. Um empate daria a liderança ao time paulista. E foi o que aconteceu. 0 a 0 na cidade de Embu das Artes.

Grupo 20

No Grupo 20, o líder do grupo Náutico enfrentou o lanterna Santo André em Jaguariúna precisando apenas de um empate para se classificar. A equipe do nordeste venceu por 1 a 0 e passou a esperar a partida do Criciúma contra o Jaguariúna para ver se ficaria com a primeira ou com a segunda colocação.

Às 15hs, o Criciúma venceu os donos da casa por 1 a 0 e ficou atrás do Náutico nos critérios de desempate.

Grupo 22

No Grupo 22, União ABC e São Raimundo-RR fizeram, às 13hs, um duelo direto pela vaga, com o São Raimundo-RR jogando pelo empate. Mas foi o União ABC que se classificou ao vencer por 4 a 2. De quebra, classificou a Chapecoense.

O resultado fez a Chape entrar tranquila, já com a primeira colocação assegurada, contra o Suzano, às 15hs. Mesmo assim, deu show e venceu os donos da casa por 5 a 1.

Grupo 23

No começo da tarde, pelo Grupo 23, o River-PI precisava vencer o Ricanato para se manter vivo e goleou. Marcou 6 a 1 com gols de Vitinho, Pulga, Francisco, Felipe Garces (2) e Ruan e colocou pressão no Atlético-MG.

A equipe mineira precisava vencer o Taubaté, jogando em seu estádio, para seguir na competição. Um empate classificaria o Taubaté em primeiro e o River-PI em segundo. O Galo abriu o placar numa bela cobrança de Calebe. Vinicius Ferreira empatou, ainda no primeiro tempo. O Galo fez o segundo com Wesley e segurou a classificação.

Grupo 24

O São Bernardo, no Grupo 24, jogava pelo empate contra o Resende, mas foi além e venceu por 3 a 2. O resultado ajudou muito o ABC, que antes do início da rodada ocupava a última colocação do grupo. Numa partida concisa, venceu o Mantiqueira por 4 a 0 e avançou em segundo do grupo.

Grupo 26

Pelo grupo 26, o Atlético Cearense precisava vencer o Nova Andradina para garantir a vaga e conseguiu em grande estilo. Fez 5 a 0 com gols de Inácio, William, Lucas Lima, Vítor e Gean. A equipe do Ceará ficou em segundo do grupo. Na sequência, o Avaí empatou com o Mauá por 2 a 2 e eliminou os donos da casa. A equipe de Santa Catarina avançou em primeiro com 7 pontos

Grupo 28

Na primeira partida do Grupo 28, o Desportiva Paraense derrotou o Moto Clube, do Maranhão, por 2 a 1 e se garantiu na próxima fase da Copa São Paulo. A equipe do Pará chegou a 6 pontos e ficou com a liderança do grupo.

Isso porque na outra partida da chave, Audax e Sport empataram em 0 a 0 e o ponto conquistado classificou o Sport em segundo lugar. Jogando no estádio José Liberatti, em Osasco, o Sport conseguiu segurar a pressão dos donos da casa e se garantiu na próxima fase da Copinha.

Grupo 30

O primeiro jogo do grupo 30 da tarde foi entre o América-RJ e Guarulhos. Os dois times fizeram o jogo dos eliminados do grupo. O time carioca venceu por 2 a 0.

Na partida que decidiria o primeiro e o segundo colocados do grupo, o Flamengo de Guarulhos enfrentou, diante de seu torcedor, o Santa Cruz, jogando apenas por um empate. A equipe paulista abriu o placar no primeiro tempo, mas tomou a virada no segundo. 2 a 1 para o tricolor. O time do Recife avançou em primeiro e o Flamengo de Guarulhos em segundo.

Santa Cruz virou sobre o Flamengo-SP e passou como líder da chave. (Foto: Cristiano Fukuyama /Divulgação)

Mais em Futebol