Siga o OTD

Vila Olímpica Tóquio - Hospital - Coronavírus

Tóquio 2020

Tóquio admite usar Vila Olímpica como hospital na pandemia

Governadora da capital japonesa afirma ser uma possibilidade, mas complexo com 24 prédios ainda não está totalmente concluído

Vila Olímpica terá 24 prédios e ainda não está pronta (Foto: Reprodução/Twitter)

Tóquio admite usar Vila Olímpica como hospital na pandemia

A Vila Olímpica dos Jogos de Tóquio poderá ganhar uma nova função. Em meio à pandemia de coronavírus, está sendo analisada a possibilidade de a casa dos atletas durante as Olimpíadas ser usada como hospital para tratar os pacientes com o novo vírus.

“É uma possibilidade, mas a Vila Olímpica ainda não está pronta. Estamos falando de locais disponíveis para hoje ou amanhã e checando as possibilidades uma por uma”, disse a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, segundo a Associated Press.

A Vila Olímpica ainda está em construção. O complexo terá 24 prédios, capazes de abrigar 11 mil atletas nas Olimpíadas e quatro mil nas Paralimpíadas, e ficara desocupado pelos próximos 16 meses, até a realização dos Jogos em julho do ano que vem.

+Perdas com impacto nos eventos vão atingir 78% das cidades sedes

O local conta com investimento de dez empresas, junto com a cidade de Tóquio, e será chamada Harumi Flag. O grupo que administra o complexo disse que a proposta de usar a propriedade como hospital para coronavírus é especulação e acrescentou que não receberam informações sobre isso do governo da cidade.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Tóquio confirmou mais 89 novos casos de coronavírus na cidade nesta sexta-feira (3), aumentando para 773 casos no total. Deste número, 717 pessoas estão hospitalizadas, ocupando quase todas os 750 leitos que a capital japonesa havia disponibilizado para tratar pacientes com o vírus.

Mais em Tóquio 2020