Siga o OTD

Luis Carlos Cardoso é prata e Brasil fecha Mundial de paracanoagem velocidade com 3 medalhas

Canoagem Velocidade

Luis Carlos Cardoso conquista prata e Brasil fecha Mundial com três medalhas

Luis Carlos Cardoso repete a prata conquistada em Tóquio e garante o terceiro pódio para o Brasil no Mundial

(Divulgação)

Luis Carlos Cardoso conquista prata e Brasil fecha Mundial com três medalhas

No último dia do Campeonato Mundial de paracanoagem velocidade na Dinamarca, Luis Carlos Cardoso garantiu mais um pódio para a o Brasil. Neste sábado (18), no KL1 200m masculino, o brasileiro conquistou a prata e, com isso, o país fecha sua participação no torneio com três medalhas, somando o ouro de Fernando Rufino e o bronze de Debora Benevides.

E ouro de Luis Carlos Cardoso escapou por pouco. Depois de vencer a primeira bateria eliminatória e avançar direto à final, o brasileiro cruzou a linha de chegada do KL1 200m em segundo, com o tempo de 46s30, apenas 36s atrás do grande campeão, o húngaro Peter Kiss. Vale lembrar que Luis vem da conquista da medalha de prata nos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

+Confederação de Canoagem encerra atividades e demite todos funcionários

Além de Luis Carlos Cardoso, Adriana Azevedo também disputou a final do KL1 200m feminino, depois de se classificar direto para a decisão com o terceiro melhor tempo de sua bateria. Desta vez, no entanto, ela acabou ficando apenas na sétima posição, com 1:04.56, 11.86 atrás da vencedora.

Já no KL2 200m masculino, Fernando Rufino busca sua segunda medalha no Mundial de paracanoagem velocidade. Mas, desta vez, ele acabou batendo na trave. Depois de se classificar em primeiro, o brasileiro ficou na quarta colocação na final, com tempo de 43.13.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Por fim, no KL3 200m, Giovane Vieira de Paula se despediu da competição vencendo a final B, apenas 15s a frente do segundo colocado. Já na final A, Caio Ribeiro e Mari Santilli ficaram na sexta posição.

Mais em Canoagem Velocidade