Siga o OTD

Canoagem Slalom

Ação da canoagem brasileira ajuda famílias da Bahia

Canoagem brasileira organiza ação para ajudar as famílias da Bahia, que vem sofrendo com as fortes chuvas na região desde dezembro de 2021

Canoagem Brasileira ajuda a Bahia
Divulgação CBCa

O mês de dezembro e início de janeiro não estão sendo fáceis para moradores e famílias da Bahia. O estado está em alerta devido ao grande número de chuvas, que vêm causando estragos em 58 municípios nas regiões sul e sudeste da Bahia. Uma mobilização encabeçada pela Associação Cacaueira de Canoagem (ACC) e apoiada pela Confederação de Canoagem Brasileira (CBCa) ajudou a arrecadar recursos que foram destinados para os atingidos pelas enchentes.

-Nathalie Moellhausen começa temporada renovada e confiante

Durante a campanha, entre os dias 28 de dezembro a 04 de janeiro, a entidade recebeu em sua conta um valor de três mil reais e também diversas doações do Shopping Bahia Salvador, através do Projeto Queremos Doar, nas quais receberam 50 toneladas de alimentos e 23 mil peças de roupas. As doações foram destinadas à Prefeitura de Ubaitaba. Além disso, foi distribuído também material de higiene destinado ao CRAS e à Igreja Católica do município.

Segundo Camila Lima, administradora da ACC e supervisora do Projeto Remando no Litoral Sul e presidente da Federação Baiana de Canoagem, atualmente a situação de Ubaitaba está estável, aos poucos algumas famílias já retornaram para seus lares, contudo muitas continuam desabrigadas e outras perderam a mobilha da casa. “Referente ao Centro de Canoagem, não sabemos falar ainda se a estrutura foi comprometida porque o rio está baixando aos poucos, mas nos compartimentos de cima como o galpão de barcos, por exemplo, tivemos perdas de paredes e nos vestiários. Todavia, o Governo do Estado da Bahia, através da SUDESB (Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia), já entrou em contato conosco e garantiu a reforma”, frisa.

Camila agradece que todas essas doações foram de grande importância para as famílias. “No meio tanta dor e tristeza elas tiveram a certeza que no mundo ainda existe muito amor ao próximo. É muito importante podermos contar com a solidariedade da Canoagem Brasileira, grandes atletas consagrados hoje como os melhores abraçando nossa causa, unidos somos mais fortes”.

A CBCa, se solidariza em prol de ajudar os atingidos pela forte enchente. Na cidade de Ubaitaba, o Centro de Treinamentos, que funciona em parceria com o Governo do Estado, foi totalmente inundado pela cheia do Rio das Contas.

Isaquias Queiroz também ajuda

Isaquias Queiroz também organizou uma grande mobilização. O campeão olímpico visitou vários municípios que foram atingidos pelas enchentes, ele postou em suas redes sociais a compra de vários produtos alimentícios e também de higiene pessoal. “Como todos sabem, minha cidade Ubaitaba também está sofrendo, muitos cidadãos estão perdendo suas casas, comida, roupas. Em 27 anos nunca vi isso acontecer. Doeu muito e ainda dói ver o que está acontecendo, um caos enorme assolando”.

Isaquias Queiroz canoagem velocidade C1 1000 Jogos Olímpicos de Tóquio C1 1000 medalha pódio Paris Jogos de Paris
(Gaspar Nóbrega/COB)

Isaquias ressalta a importância de doações nesse momento de muita tristeza. “Estive na Prefeitura de Ubaitaba, nos órgãos responsáveis, para ajudar o povo me inteirando um pouco mais da situação. Estou fazendo a minha parte para aqueles que tanto estão necessitando. Peço humildemente que ajudem, que possam doar seja o que for e como for. Que orem por Ubaitaba e toda a Bahia. Todos estão necessitando da sua ajuda. Juntos somos mais fortes”, finaliza.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A Associação Cacaueira de Canoagem ainda está aceitando doações para as famílias que ainda continuam desabrigadas. As doações podem ser realizadas através de uma chave PIX para o recebimento de recursos e também através de dois contatos telefônicos para quem queira colaborar de alguma forma:

CHAVE PIX DA ACC
16.240.574/0001-77

Contatos:
(73) 98162-0232 Luciana
(73) 98146- 8880 Camila

Mais em Canoagem Slalom

viagra