Siga o OTD

Aleksandar Petrovic técnico da seleção brasileira de basquete masculino mundial guy peixoto cbb

Basquete

Petrovic vê todas as 12 vagas para o Pré-Olímpico de Split abertas na seleção

Petrovic vê as 12 vagas para o Pré-Olímpico de Split abertas e sabe que os 15 atletas que estão na fase de preparação podem defender o Brasil

FIBA

Petrovic vê todas as 12 vagas para o Pré-Olímpico de Split abertas na seleção

Faltando menos de duas semanas para a estreia no Pré-Olímpico de Split, a seleção brasileira ainda não tem a equipe definida para a competição na Croácia. Por uma série de favores, de quadra e extra quadra, o técnico Petrovic prefere encarar a formatação da equipe como um processo e garante uma coisa. “Está tudo aberto aqui. Por respeito, por conta da Covid-19, por qualquer outro problema médico, está tudo aberto mesmo”.

-Varejão impressiona Petrovic nos treinos para o Pré-Olímpico de Split

O Brasil completou uma semana de treinamentos na Polônia e, apesar de ainda não contar com os 15 jogadores que foram chamados para a o Pré-Olímpico, o grupo de Petrovic segue se preparando para a competição na Croácia. Como o torneio que vale vaga na Olimpíada de Tóquio começa em cerca de 10 dias, o que podemos começar a pensar é que o treinador croata já sabe quem será seu grupo de 12 jogadores, o que ele nega.

“Está totalmente em aberto tudo. Aqui, cada treino pode mudar. Eu acumulo todas as informações. Por respeito, por lesão, pelo protocolo de COVID-19, todos têm a vaga aberta para conseguir um lugar no time. Dependemos de não termos nenhuma lesão, nada”.

FIBA

Seleção completa na próxima semana e os cortes

Neste momento, após 10 treinos da equipe em solo polonês, o Brasil conta com 14 jogadores com o grupo para os treinamentos. Por conta de sua temporada com o Tenerife, Marcelinho Huertas se junta a seleção brasileira somente na segunda-feira (21) após ganhar alguns dias de folga de Petrovic. Apesar disso, o treinador croata é direto ao falar da preparação brasileira para o Pré-Olímpico de Split.

“São seis dias aqui, dez treinos. Tudo saiu à perfeição. Só um problema pequeno que custará dois dias de treino ao Lucas Dias, por uma lesão no tornozelo, mas aceitamos que em três dias ele volta para a quadra. Bruno Caboclo chegou da França, e no fim de semana falei com Huertas, dando dois dias a mais de descanso, pois o Marcelinho é um dos jogadores mais carregados da temporada por todos os compromissos com Tenerife”.

-Destaque na AmeriCup, Clarissa explica emoção por voltar a defender o Brasil

A partir do começo da próxima semana, Petrovic terá todos os jogadores a disposição e vai precisar começar a pensar. Junto com a sua comissão, o croata terá alguns dias de treinamento, dois amistosos contra a Polônia e a necessidade dos cortes apareceram. O Brasil terá que chegar na Croácia, nos últimos dias de antecedem o Pré-Olímpico de Split, mais próximo dos 12 que representarão o país na competição em busca da vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Quando você entra em quadra na FIBA, defender é essencial. Por isso, temos responsabilidade nas regras defensivas. Saindo bem armado atrás, na defesa, esse Brasil tem muitas qualidades atacando. Por isso, quero me garantir de situações que podem ajudar no Pré-Olímpico em Split. O Pré-Olímpico é uma competição onde não há amanhã. É treinar bem, fazer os dois amistosos contra a Polônia e a partir do dia 24 fazer os cortes que necessitamos para chegar a lista de 12″.

Bruno Caboclo na seleção brasileira de basquete masculino
Caboclo chegou para os treinos da seleção brasileira nesta quinta-feira (17) FIBA/Divulgação

Formato da competição

O sistema de disputa funciona da seguinte forma: na primeira fase, em minigrupos, os times se enfrentam dentro das chaves, com Brasil, Croácia e Tunísia, e Alemanha, México e Rússia se encarando. Os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais, quando os grupos se cruzam. O primeiro do Grupo A pega o segundo do Grupo B, e o primeiro do Grupo B pega o segundo do Grupo A. Os dois vencedores fazem a final do Pré-Olímpico de basquete.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O Brasil estreia no dia 29 de junho, às 15h, diante da Tunísia. Na segunda rodada do Grupo B, já no dia 30 de junho, a Seleção terá pela frente a dona da casa, a Croácia, no mesmo horário. O Brasil folga no dia 1º de julho e caso se classifique para o mata-mata do Pré-Olímpico, irá cruzar com as equipes do Grupo A da disputa. A final do Pré-Olímpico de Split está marcada para o dia 4 de julho, quando será definido o campeão e o time classificado para Tóquio 2020.

Mais em Basquete