Siga o OTD

Basquete

Kamilla Cardoso é cestinha e entra para a história de Syracuse

Jogadora brilha novamente com 24 pontos e tem aproveitamento recorde pela Universidade de Syracuse; brasileiros têm dia ruim na Espanha

Kamilla Cardoso é cestinha e entra para a história de Syracuse

O domingo (20) foi de bastante ação para os brasileiros no basquete dos Estados Unidos e da Espanha. O grande destaque do dia ficou por conta da pivô Kamilla Cardoso, jovem promessa brasileira que defende a Universidade de Syracuse na NCAA e que entrou para história de sua faculdade hoje.

A equipe venceu a rival de conferência Boston College pelo placar de 83 a 70, com a brasileira sendo o grande destaque ao lado da armadora Kiara Lewis. Kamilla fez 24 pontos e ainda contribuiu com sete rebotes, duas roubadas de bola, uma assistência e um toco.

Kamilla Cardoso jogou 28 minutos e converteu 10 dos seus 11 arremessos de quadra, totalizando um aproveitamento de 90,9%. Essa foi a segunda melhor marca de uma jogadora na história do basquete feminino de Syracuse.

Essa foi a quinta vitória em cinco jogos de Syracuse até aqui. A equipe vai se destacando na Conferência ACC e é já recebe o 16º lugar nos rakings da NCAA que avalia os melhores times dos Estados Unidos, de todas as conferências.

Outra brasileira que venceu pela NCAA nesse domingo foi Izabela Nicoletti. Jogando por Florida State, da mesma conferência que a universidade de Kamilla Cardoso, a armadora e suas companheiras bateram Pittsburgh por 67 a 53. Nicoletti contribuiu com quatro assistências e três pontos nos 13 minutos em que ficou em quadra.

Derrotas duras na Espanha

Se o domingo foi bom para Kamilla Cardoso e Izabela Nicoletti na NCAA, o mesmo não se pode dizer para os brasileiros que atuam na Liga ACB (Campeonato Espanhol de Basquete masculino).

Augusto Lima e Léo Meindl estiveram em ação pela 15ª rodada do campeonato e saíram de quadra com a derrota.

+ Augusto Lima vê temporada atípica e lamenta falta da torcida

Jogando pelo UCAM Murcia, Augusto Lima anotou nove pontos, pegou sete e ainda deu oito assistências nos 28min24 que esteve em quadra, totalizando 18 de valorização, maior número dentre seus companheiros. Mesmo assim, o Murcia saiu com a derrota fora de casa diante do Valência por 89 a 78.

Léo Meindl teve atuação mais discreta pelo Urbas Fuenlabrada. Na partida em casa contra o Bilbao, vencida pelo rival por apertados 74 a 70, Meindl contribuiu com sete pontos, quatro rebotes e três assistências nos 17 minutos que esteve em quadra.

Nos EUA, Kamilla Cardoso fez 24 pontos e obteve 90,9% de aproveitamento por Syracuse na NCAA; Na Espanha, Augusto Lima e Léo Meindl perdem na Liga ACB
Léo Meindl e Augusto Lima sofrem no domingo na Espanha (Alba Pacheco/Fuenlabrada)

Jogos de ontem e classificação

O único a vencer pela 15ª rodada da Liga ACB foi Vitor Benite. No sábado (19), o armador anotou nove pontos no triunfo de sua equipe, o San Pablo Burgos, em casa diante do Baxi Manresa por 91 a 80. Benite ainda contribuiu com três rebotes, com um total de sete de valorização.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Marcelinho Huertas não entrou em quadra por estar próximo de ser papai. Sofrendo com sua ausência, sua equipe, o Iberostar Tenerife, conheceu a segunda derrota na competição diante do Baskonia por 79 a 72.

Na classificação da Liga ACB, o Real Madrid lidera com 14 vitórias em 14 partidas. O segundo ainda é o Tenerife de Huertas, com 12 triunfos e duas derrotas. Com os resultados de domingo, o Burgos de Benite pulou para quinto com 9-5.

Augusto Lima e o Murcia seguem com 50% de aproveitamento (7-7) em décimo, na luta pela 8ª colocação. Por fim, Léo Meindl e o Fuenlabrada ocupam a 14ª colocação com apenas quatro resultados positivos em 14 jogos na Espanha.

Mais em Basquete