Siga o OTD

Ygor Coelho Peru International badminton

Badminton

Após jogar na Espanha, Ygor Coelho segue com Jonathan Matias para a Áustria

Após jogar na Espanha, Ygor Coelho segue para a Áustria junto com Jonathan Matias

Reprodução Instagram

Após jogar na Espanha, Ygor Coelho segue com Jonathan Matias para a Áustria

Ygor Coelho encerrou a sua participação no Masters da Espanha de Badminton, em Huelva, ao perder a partida contra o indonésio Chico Wardoyo, atual número 63 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/7, na última semana. Enquanto aguarda a confirmação de sua vaga nas Olimpíadas de Tóquio ser confirmada, Ygor se prepara para encarar o próximo desafio na Europa que será o Aberto da Áustria, entre os dias 27 e 30 de maio, no estado da Estíria.

“Acho que as vitórias que tive até aqui foram expressivas e me trouxeram muita confiança. Eu quero jogar desta forma, com este espírito de ir pra cima me sentindo cada vez melhor com meu quadril e com meus movimentos”, avaliou Ygor Coelho, referindo-se à cirurgia realizada no quadril em agosto de 2020.

-Brasil estreia com duas vitórias no Pré-Olímpico de basquete 3×3

Jogando com amigo de longa data

Desta vez, Ygor Coelho dividirá a quadra com o brasileiro Jonathan Mathias, atual número 311 do ranking mundial. O atleta acaba de voltar do YONEX Internacional da Eslovênia, após ganhar o primeiro jogo contra o servo Ivan Kovacevic, por 2 sets a 1, e perder o segundo confronto contra Aram Mahmoud da Holanda, dos Países Baixos, por 2 a 0.

O atleta mora na Dinamarca e treina no clube local Højbjerg, assim como Ygor, e longe dos familiares e demais amigos que ficaram no Brasil, se fortalece no elo de amizade que ultrapassou a rotina de treinos com o conterrâneo carioca. Ambos desembarcaram na Áustria nesta terça-feira, 25, onde defenderão a categoria Dupla Masculina nos próximos dias.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Estou muito feliz pois percebo a melhoria a cada torneio. Acho que o nervosismo dos primeiros jogos estão indo embora e agora o que vai definir mesmo os resultados é a intensidade de treinos e experiência para lidar bem com os momentos difíceis em quadra” analisou Jonathan.

“Eu e Ygor estamos um pouco ansiosos mas muito otimistas! Vamos dar o nosso melhor para conseguirmos uma medalha tanto na simples quanto na dupla, e eu precisava muito disso: voltar para colocar em prática o que venho treinando bastante e ir em busca de uma melhor classificação no ranking mundial”, concluiu o jogador.

Mais em Badminton