Siga o OTD

O Højbjerg, time do brasileiro Ygor Coelho, venceu na estreia da Liga Dinamarquesa de badminton nesta terça-feira (25), fora de casa, diante do Gentofte. Apesar de integrar a equipe, o atleta está fora de atividade até janeiro de 2021. Por conta de uma lesão no quadril, o jogador está em processo de intervenção cirúrgica no quadril. Ele já operou o lado direito e, no próximo sábado (29), soluciona a questão do esquerdo

Badminton

Ygor Coelho é operado e só volta às quadras em janeiro

O atleta brasileiro está em processo de intervenção cirúrgica no quadril e só volta a jogar badminton em janeiro de 2021

Ygor Coelho, atleta do Højbjerg, está no Rio de Janeiro se recuperando da primeira cirurgia no quadril (Instagram/co3lho12)

Ygor Coelho é operado e só volta às quadras em janeiro

Principal nome do badminton do Brasil, Ygor Coelho só voltará a jogar em janeiro de 2021. Por conta de uma lesão no quadril, o jogador está em processo de intervenção cirúrgica no quadril. Ele operou o lado direito no último final de semana e, no próximo sábado (29), fará um novo procedimento, mas do lado esquerdo.

“A minha previsão de retorno é em janeiro. Escolhi fazer essa cirurgia para disputar os Jogos Olímpicos e voltar a tempo para dar meus 100%. Eu poderia ter feito agora ou depois da Olimpíada, mas preferi a primeira opção porque é um momento mais tranquilo, já que depois vai emendar Olimpíada com Mundial e depois o ranking para os Jogos Pan-Americanos de 2023. Esse foi o melhor momento porque depois o tempo ficaria mais curto”, disse Ygor Coelho ao Olimpíada Todo Dia.

Nesta terça-feira (25), o Højbjerg, time de Ygor, venceu na estreia da Liga Dinamarquesa de badminton fora de casa, diante do Gentofte, por 6 a 3.

+ Atletas brasileiros debatem sobre igualdade racial no esporte

Principais adversários

Além de Ygor Coelho, o Højbjerg também não pode contar com Mathias Bay-Smidt, que também está lesionado por um longo período. Ygor já recebeu alta do primeiro procedimento e está em sua casa, no Rio de Janeiro, para iniciar sua recuperação. O primeiro confronto pela Liga Dinamarquesa foi contra um dos oponentes que o brasileiro classificou como forte concorrente na briga pelo título.

+ Campeã olímpica confirma aposentadoria antes da Olimpíada

“Os nossos principais adversários são Vaerlose, Vendsyssel e Gentofte. Essa temporada tem mais times, são dez, e o Odense também está forte. Além de mim, o nosso time está sem outro jogador importante, que é o duplista, que também está se recuperando do quadril. A nossa equipe é jovem e bem forte. Acredito que, mesmo com os desfalques, a gente consiga bons resultados”, comentou Ygor Coelho.

Expectativa para a Liga Dinamarquesa

O Højbjerg, time do brasileiro Ygor Coelho, venceu na estreia da Liga Dinamarquesa de badminton nesta terça-feira (25), fora de casa, diante do Gentofte. Apesar de integrar a equipe, o atleta está fora de atividade até janeiro de 2021. Por conta de uma lesão no quadril, o jogador está em processo de intervenção cirúrgica no quadril. Ele já operou o lado direito e, no próximo sábado (29), soluciona a questão do esquerdo.
Atleta do Hojbjerg, Ygor Coelho confia que sua equipe chegue ao Final Four (Facebook/atletaygor)

A pandemia de coronavírus interrompeu a temporada 2019/20, mas o badminton retornou na Dinamarca com fortes doses de emoção no dia 19 de junho. Na competição do ano anterior, o Hojbjerg, de Ygor Coelho, chegou ao Final 4 da Liga Dinamarquesa, mas foi derrotado na semifinal pelo Vaerlose por 5 jogos a 4 e não conseguiu chegar à decisão do campeonato.

+ Ygor Coelho antecipa planos e se casa após quatro anos junto

Na disputa pelo terceiro lugar, o brasileiro e seus companheiros perderam a série melhor de nove jogos contra o Solrod Strand por 5 a 3. Na decisão o Skovshoved conquistou a medalha de ouro, deixando o Vaerlose com a prata. Mesmo retornando só em janeiro, Ygor Coelho está confiante que sua equipe consiga chegar entre os quatro melhores da Liga Dinamarquesa.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Acredito que o nosso time tem total condição de ir até a final da Liga Dinamarquesa. E nós já provamos isso na temporada passada. Acredito que temos equipe para chegar ao final four. E, para alcançarmos esse objetivo, cada jogo será importante. É pensar jogo por jogo”, concluiu o atleta brasileiro. Na quinta-feira (27), o Højbjergs estreia em casa contra o Vendsyssel.

Ygor Coelho nas redes sociais

Mais em Badminton