Siga o OTD

Aberto da Dinamarca de badminton - Circuito Mundial de badminton - Pandemia de coronavírus

Badminton

Aberto da Dinamarca marca retorno do circuito mundial

Competição é a primeira em sete meses e conta com uma série de protocolos de segurança contra o coronavírus

Aberto da Dinamarca retoma circuito mundial após sete meses (Divulgação/BWF)

Aberto da Dinamarca marca retorno do circuito mundial

Depois de sete meses, o circuito mundial de badminton está de volta. Após a paralisação pela pandemia de coronavírus, o Aberto da Dinamarca marcou o retorno da competição, que vai de 13 a 18 de outubro.

Para garantir a segurança de todos, foi definida uma série de protocolos. Um sistema de bolha foi estabelecido, com todos os jogadores, árbitros e outros funcionários sendo testados na chegada à cidade de Odense e permitidos apenas no ambiente seguro após um resultado negativo.

Além disso, os jogadores recebem petecas de distribuidores ao invés de juízes e apertos de mão entre os atletas devem ser evitados. Entrevistas devem ser pré-aprovadas e conduzidas com distanciamento social.

+Time de Neném vai à final e Nathane fica fora dos playoffs

Os jogadores também serão solicitados a voltar para o hotel direto do local do Aberto da Dinamarca e apenas entrar em áreas não congestionadas da cidade para fazer exercícios e comprar comida. Por fim, um máximo de 500 espectadores são permitidos no local a cada dia.

Vale destacar, no entanto, que muitos dos melhores jogadores do circuito mundial de badminton optaram por não disputar a competição por preocupação com o coronavírus.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O Aberto da Dinamarca antecede três eventos consecutivos do circuito mundial de badminton em Bangkok, incluindo as finais de final de temporada. Os eventos do World Tour na França, Nova Zelândia, Macau, Alemanha, China, Hong Kong, Indonésia, Índia, Malásia, Coreia do Sul e Tailândia, entretanto, foram todos retirados do calendário deste ano devido à pandemia.

Mais em Badminton