Siga o OTD

Atletismo

Brasil fatura quatro pratas e três bronzes em Alicante

O Brasil conquistou neste sábado quatro medalhas de prata e três de bronze neste sábado no Campeonato Ibero-Americano de atletismo

Thiago Moura fez competição quase perfeita e ficou em quinto lugar no Mundial indoor de atletismo

O Brasil completou o segundo dia de competições do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo neste sábado (21/5) com a conquista de mais sete medalhas (quatro de prata e três de bronze), no Estádio Olímpico Camilo Cano, em La Nucia, província de Alicante, Espanha. O encerramento será no domingo (22) sempre com acompanhamento ao vivo pelo Olimpíada Todo Dia.

A primeira medalha do dia, a quinta do Time Brasil no evento, foi a prata de Caio Bonfim na marcha de 10 quilômetros. “Acho que não fazia os 10.000 m desde o Mundial Juvenil de 2010, no Canadá. Fiquei muito feliz com o resultado. Foi uma prova estratégica e perdi para o espanhol, um atleta muito bom”, analisou.

A seguir, Wellinton Fernandes conquistou outra prata, no lançamento de disco, com 57m09, atrás apenas dos 60m58 do campeão chileno Lucas Nervi. O bronze foi para o português Emanuel Souza alcançando 56m68. Douglas dos Reis também competiu e conseguiu o melhor resultado dele na temporada, 53m21, o que valeu o sétimo e último lugar na prova.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Thiago Moura levou a terceira prata do dia para o Brasil no salto em altura após travar um belo duelo contra Edgard Rivera, mexicano que abocanhou o ouro atingindo o melhor salto dele no ano: 2m26. Thiago chegou na mesma altura, mas ficou com o vice porque fez a marca no segundo salto e o rival no primeiro. O outro brasileiro na prova, Fernando Carvalho, acompanhou ambos até os 2m21, onde parou. Foi o suficiente para garantir o terceiro lugar. Teve bronze ainda nos 3.000 com obstáculos feminino, conquistado por Tatiane Raquel da Silva com o melhor tempo dela na temporada: 9min42s06. Simone Ferraz ficou em quarto com 9min45s11, também o melhor dela na temporada.

A quarta prateada saiu no lançamento do martelo feminino com Mariana Marcelino. Chegou ao segundo lugar ao atingir 64m61, distância mais curta apenas que a da espanhola Laura Redondo com 68m68. Anna Paula Magalhães terminou em sexto com 59m64.

No revezamento 4×100 m masculino, o Brasil, formado por Gabriel Boza, Felipe Bardi, Erik Barbosa e Lucas Rodrigues terminou em terceiro lugar, garantindo o bronze, com 39.32. Na prova feminina, a equipe não conseguiu completar. Rosângela sentiu uma lesão, logo após receber o bastão de Lorraine Martins na última perna. A equipe ainda teve Ketiley Batista e Ana Cláudia Lemos.

Mais Brasil em finais

O Brasil esteve representado em outras finais no Ibero-Americano de atletismo. Nos 400 m com barreiras feminino, Chayenne da Silva foi a quinta colocada com o tempo de 56s89 e Liliane Cristina Parrela, a sétima com 57s77. Nos 400 m com barreiras masculino, Márcio Teles ficou em sexto (51s50), o melhor tempo dele na temporada, e Mahau Suguimati foi o sétimo (52s90). Foram as mesmas colocações de Tiffani Marinho (52s42) e Tabata de Carvalho (52s66), respectivamente, nos 400 m feminino. O tempo de Tabata foi o melhor dela no ano. Nos 400 m masculino, Vitor Hugo de Miranda ficou em quinto marcando 46s11. Já nos 1500 m feminino, Rejane Esther Bispo terminou na oitava colocação com o melhor tempo dela na temporada, 4min25s19, e Tatiane Raquel da Silva não completou.

Nas provas de campo do Ibero-Americano de atletismo, Almir Júnior ficou em quarto lugar no salto triplo com a marca de 16m59 e Alexsandro Melo, o Bolt, ficou na oitava colocação com 15m71. Lívia Avancini e Milena Jaqueline ficaram, pela ordem, nas duas últimas colocações do arremesso de peso feminino registrando 16m71 e 15m81. No salto com vara, Fernando Ferreira ficou sem marca após queimar três vezes a primeira altura do sarrafo, 4m60.

Semifinais no 200 m e 110 m com barreiras

Três provas de pista do Ibero-Americano de atletismo, envolvendo um total de cinco brasileiros, tiveram apenas as semifinais neste sábado e todos avançaram para as respectivas finais. Nos 200 m, Vitória Rosa e Lorraine Martins se classificaram para a disputa das medalhas no feminino, e Lucas Rodrigues no masculino. Já nos 100 m com barreiras no masculino, passaram Eduardo de Deus e Rafael Pereira.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Atletismo