Siga o OTD

Paulo André venceu o tetracampeonato

Atletismo

Paulo André fatura o tetra dos 100 metros no Troféu Brasil

Garantido em Tóquio, o atleta conquistou o título nos 100m rasos; Vitória Rosa venceu a disputa feminina

Paulo André venceu o tetracampeonato no Troféu Brasil (Wagner Carmo/CBAt)

Paulo André fatura o tetra dos 100 metros no Troféu Brasil

Paulo André e Vitória Rosa foram os grandes destaques do segundo dia do Troféu Brasil de atletismo. Nesta sexta-feira (11), a dupla, que representa o Pinheiros, dominou a prova mais rápida da modalidade, os 100m rasos. As disputas vão até o domingo (13) na pista de atletismo do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.

Mesmo sem estar em sua melhor forma, após optar por reiniciar os treinos para 2021, Paulo André, que já está garantido para os Jogos Olímpicos de Tóquio, comemorou o tetracampeonato brasileiro dos 100 m e ratificou a condição de rei da velocidade no País, com 10s13.

+ Tiffani Marinho é bicampeã dos 400 m no Troféu Brasil

“Competi para ganhar, para defender meu título e estou muito feliz por ter sido protegido por Deus”, comentou o atleta, dono da segunda melhor marca na história na prova na América do Sul, com 10s02. “Ainda vou correr os 200 m e o revezamento 4 x 100 m pelo Pinheiros e depois volto aos treinos visando a temporada 2021”, lembrou Paulo André, radicado desde criança em Vila Velha, no Espírito Santo. “A expectativa é voltar a competir só em abril.”

Felipe Bardi dos Santos (SESI-SP), que obteve o recorde pessoal com 10s11 na semifinal (melhor marca do ano no Brasil), ficou em segundo lugar, com 10s18, enquanto Derick de Souza (Pinheiros) levou o bronze, com 10s25.

Vitória Rosa vence no feminino

No feminino, sob chuva, a final foi eletrizante e decidida na fotografia de chegada. Vitória Rosa e Ana Carolina de Jesus Azevedo (Orcampi) completaram os 100 m em 11s41, com a atleta do Pinheiros ficando com o ouro, mesmo não aprovando o seu resultado.

Vitória Rosa venceu a prova feminina no photofinish (Wagner Carmo/CBAt)

“Não fiquei feliz com o resultado. Não sei onde errei”, afirmou a atleta carioca, que correu a semifinal de quinta-feira em 11s32. “Mas vencer o Troféu Brasil é muito importante”, completou a velocista, que agora disputará os 200 m, prova em que está qualificada para os Jogos de Tóquio-2020.

+ Allan Wolski conquista o primeiro ouro do Troféu Brasil

A recordista sul-americana da prova, Rosangela Santos, também do Pinheiros, ficou com a medalha de bronze, com 11s46.

Outros vencedores do dia

No salto triplo, Gabriele Sousa dos Santos (Pinheiros) conquistou o bicampeonato do Troféu Brasil, com 14,17 m. Mesmo assim, a atleta lamentou o resultado, revela altas pretensões para o próximo ano.

“Não fiquei feliz com a marca porque essa temporada praticamente não existiu. Meu objetivo agora é me concentrar muito para 2021. Não quero apenas o índice olímpico, quero muito fazer a final em Tóquio”, disse decidida a atleta carioca, que treina com Nélio Moura, em São Paulo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Keila Costa, que representou o Brasil em quatro Jogos Olímpicos, terminou com a medalha de prata. A representante do Atletas com Futuro obteve a marca de 13,83 m, seguida de Ketllyn Pamela Daniel Zanette (UCA), com 13,31 m.

Confira os outros resultados do dia no Troféu Brasil:

800 m masculino

Thiago André – 1:46.33

Eduardo Ribeiro Moreira – 1:46.87

Guilherme Kurtz – 1:47.12

800 m feminino

Mayara dos Santos Leite – 2:07.29

Liliane dos Santos Mariano – 2:07.63

Jaqueline Beatriz Weber – 2:08.08

Heptatlo

Raiane Vasconcelos Procópio – 5.759 pontos

Vanessa Chefer Spínola – 5.472 pontos

Jenifer Nicole Vieira Norberto – 5.409 pontos

3.000 m com obstáculos feminino

Tatiane Raquel da Silva – 9:59.72

Simone Ponte Ferraz – 10:21.43

Mirelle Leite – 10:45.81

Troféu Brasil Paulo André
Altobeli conquistou o título dos 3.000 m com obstáculos no Troféu Brasil (Wagner Carmo/CBAt)

3.000 m com obstáculos masculino

Altobeli Santos da Silva – 8:34.32

Israel Tiago Pereira Mecabo – 8:55.03

Jean Carlos Dolberth Machado – 8:56.82

Salto em altura feminino

Sarah Suelen Fernandes Freitas – 1,78 m

Arielly Kailayne Monteiro Rodrigues – 1,78 m

Valdileia Martins – 1,75 m

Arremesso do peso

Geisa Arcanjo – 17,22 m

Livia Avancini – 16,94 m

Milena Jaqueline Sens

Decatlo (em andamento)

Felipe Vinícius dos Santos – 4.477 pontos

Jordan Santos de Souza – 4.055 pontos

José Fernando Ferreira Santana – 4.024 pontos

Por equipes (classificação parcial)

Pinheiros – 223,5 pontos

Orcampi – 85 pontos

AABLU – 78 pontos

Mais em Atletismo