Siga o OTD

Atletismo

Sem amadores, Maratona de Londres fica restrita à elite

Por conta da pandemia, prova terá ainda mudança no percurso e uma de bolha de segurança. Será no dia 4 de outurbro e dentre os favoritos estão o queniano tetracampeão Eliud Kipchoge e o medalhista olímpico Kenenisa Bekeleke, da Etiópia

O atual campeão da Maratona de Londres, o queniano Eliud Kipchoge (Facebook/londonmarathon)

Sem amadores, Maratona de Londres fica restrita à elite

A participação de corredores amadores na Maratona de Londres foi cancelada para este ano devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), informou a organização da prova inglesa. Somente a elite do atletismo mundial competirá em 4 de outubro, sem a presença de público.

As disputas serão realizadas no masculino e no feminino, e com atletas em cadeira de rodas. Segundo a Word Athletics (Federação Internacional de Atletismo), índices olímpicos poderão ser conquistados na prova.

O percurso também será diferente do usual. A prova será disputada em um trajeto fechado ao redor do St. James Park, localizado na área central de Londres.

Bolha se segurança

A organização da Maratona de Londres planeja uma espécie de bolha para os atletas da elite correrem com segurança em meio à pandemia.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A maratona, que atrai anualmente cerca de 40 mil corredores, grande parte deles amadores, tem sua vultosa arrecadação – milhões de libras – revertida à caridade.

Todos os corredores amadores inscritos para a maratona deste ano vão poder correr virtualmente de qualquer lugar, ou poderão trocar a inscrição para as próximas edições até 2023.

Maratona de Londres não terá a presença de amadores, só elite do atletismo pandemia
Maratona de Londres não terá a presença de amadores (Facebook/londonmarathon)

Elite

No feminino, as atenções estarão voltadas para Brigid Kosgei, do Quênia, atual recordista mundial.

+ Cross country aposta no revezamento para Paris-2024

No masculino, dois expoentes da modalidade prometem brigar pela vitória na Maratona de Londres. O atual campeão, o queniano Eliud Kipchoge, que busca o quinto título em Londres, e o medalhista olímpico Kenenisa Bekeleke, da Etiópia.

Resta saber se algum brasileiro irá ter a oportunidade de competir na Maratona de Londres 2020.

Mais em Atletismo