Siga o OTD

Golfe

Brasil fica na 50ª posição no Mundial Amador por Equipes

Divulgação

A Seleção Brasileira Feminina Amadora de Golfe encerrou nesse sábado (1º de setembro) sua participação no Espírito Santo Trophy, a competição feminina do 28º Campeonato Mundial Amador de Golfe por Equipes (WATC, na sigla em inglês).

O jovem trio formado por Lauren Grinberg, Fernanda Lacaz e Laura Caetano encerrou em 50º lugar, com 629 tacadas (154, 165, 158, 152), +49. As campeãs foram as americanas, com 551 tacadas (142, 130, 143, 136), -29. O torneio de quatro dias foi realizado no no Carton House, em Kildare, na Irlanda, e a equipe brasileira contou ainda com Roberto Gomez como delegado e capitão e Luiz Miyamura como técnico.

“Nossas meninas demonstram o que é superação em um esporte tão desafiador como o golfe. Superação esta que não quer dizer scores incríveis, afinal não podemos esperar isto neste momento, pois elas estão em um processo de desenvolvimento. Mas, diante do que elas usualmente apresentam, felizmente conseguiram se superar”, disse Luiz Miyamura. “Elas superaram suas expectativas e seus resultados em um ambiente muito mais desafiador, com muita pressão e em campos extremamente longos, nos quais não estão habituadas a jogar”.

Com 57 países na disputa, o campeonato foi jogado em 72 buracos, valendo os dois melhores resultados por país a cada dia. Nos dois primeiros dias, as jogadoras se revezaram entre os dois campos. No terceiro dia os melhores trios jogaram no Montgomerie Course, ficando a decisão do título para o O’Meara Course.

“Também é importante ressaltar que nossas meninas se comportaram como uma grande equipe, sempre unidas, dando suporte constante uma a outra, tolerando suas diferenças e, principalmente, trocando informações para se completarem”, ressaltou o técnico brasileiro. “Nosso cenário ainda carece de um número considerável para efetivamente criarmos uma Seleção, mas com a garra destas meninas, tenho a certeza que será motivo para as jogadoras que estão começando se espelharem nelas e fazer com que gradativamente o nosso esporte cresça”, finalizou

O Mundial Amador, conhecido como WATC (World Amateur Team Championship) foi organizado pela International Golf Federation (IGF); composta por confederações nacionais de mais de 125 países. Para formar a equipe nacional, a Confederação Brasileira de Golfe utilizou o critério de normas e convocação (LINK http://www.cbg.com.br/?page_id=13739) sendo este baseado em meritocracia. A participação da delegação brasileira no Campeonato Mundial de Equipes Amadoras teve o apoio do COB – Comitê Olímpico Brasileiro – com recursos da Lei Agnelo Piva.

O Brasil agora se prepara para o Troféu Eisenhower, a variação masculina do torneio, que será jogado de 5 a 8 de setembro.

Mais em Golfe