Siga o OTD

Simone Biles ginástica artística jogos olímpicos tóquio 2020

Ginástica Artística

Simone Biles dá show e lidera em três aparelhos

Ginasta estadunidense rouba a cena no primeiro dia da competição feminina e ajuda o time americano a assumir a liderança por equipes

Simone Biles dá show e lidera em três aparelhos

Como o esperado, americanas lideram a classificação por equipes; Simone Biles fica próxima de garantir vaga em todas as finais; Brasil compete domingo

No primeiro dia das eliminatórias para mulheres do Mundial de ginástica, que está sendo disputado em Doha, no Catar, as americanas dominaram os resultados. Favoritas absolutas ao título, conseguiram um total de 174,429 pontos, bem à frente do Japão, que está em segundo lugar até o momento. A competição segue ainda neste sábado, com mais uma rotação, mas sem equipe favorita, e neste domingo, com a segunda metade das atletas, entre elas chinesas, russas e brasileiras.

O grande nome do torneio foi Simone Biles, que não competia internacionalmente desde a Olimpíada do Rio, quando conquistou quatro ouros e um bronze. E ela voltou muito bem. Terminou o dia na liderança do individual geral, solo, salto e trave, além de ser a segunda colocada nas barras assimétricas, aparelho que ela não é especialista e único no qual não foi ao pódio na Rio 2016.

O dia de Simone começou nas barras assimétricas. Apesar de um pequeno erro, que lhe deve ter tirado cerca de três décimos, terminou com 14,866, a segunda melhor até o momento, atrás apenas da belga Derweal Nina, com 15,066. Na trave, cravou a melhor nota, com 14,800, apesar de dois desequilíbrios na série, e um passo grande na saída. Ainda assim, deve entrar como favorita na final.

O terceiro aparelho de Biles foi o solo. Com um apresentação quase impecável, conseguiu 15,333, disparada a primeira colocada. Por fim, no salto, ficou com a média de 15,666, bem à frente da segunda colocada.

O Brasil vai se apresentar neste domingo, às 13h30 (Brasília), e você poderá acompanhar ao vivo aqui no Olimpíada Todo Dia. A seleção tenta uma vaga na final por equipes e ainda tem boas chances de pelo menos outras quatro decisões no individual.

Até o momento, o Japão está em segundo lugar, com 162,180 pontos, seguido pela Alemanha, Holanda e Bélgica. Países como China, Rússia e Grã Bretanha, que devem brigar pelo pódio, ainda não se apresentaram.

Mais em Ginástica Artística