Siga o OTD

Vôlei de Praia

Oito duplas garantem presença nas quartas de final após segundo dia de etapa

Em dia movimentado, oito duplas estão garantidas nas quartas de final enquanto outras 16 se enfrentam neste sábado pela repescagem

(Ana Patricia/Inovafoto/CBV)

Oito duplas garantem presença nas quartas de final após segundo dia de etapa

Mais vinte jogos foram disputados nesta sexta-feira (18) no Rio de Janeiro (RJ), no segundo dia da chave principal da nona etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 20/21, e 12 duplas de cada naipe seguem na disputa. Em cada torneio, quatro parcerias avançaram diretamente para as quartas de final: Ana Patricia/Rebecca, Bárbara Seixas/Carol Solberg, Elize Maia/Thamela e Talita/Maria Elisa no feminino; George/André Stein, Bruno Schmidt/Evandro, Guto/Arthur Mariano e Vitor Felipe/Renato Andrew no masculino.

Ana Patricia e Rebecca novamente fecharam o dia de competições na segunda rodada da fase de grupos. A dupla olímpica venceu Carol Horta/Cacá Richa por 21/15 e 21/14 para assegurar o primeiro lugar do Grupo A e a vaga nas quartas de final.

+ Duplas olímpicas vencem em primeiro dia de nona etapa do Circuito Brasileiro

“A gente veio para essa etapa com o sentimento muito bom. A gente vinha de duas etapas que não foram legais, no México. Mas eu falo que tudo que acontece na nossa vida, vem para ensinar. Tudo que aconteceu nos últimos tempos com a gente acho que foi muito importante para que a gente chegasse aqui, se sentisse feliz de novo, conseguisse enxergar realmente onde os erros estavam e trabalhar em cima disso. Então a gente veio para essa etapa muito feliz, acho que é perceptível nossa mudança dentro de quadra, da nossa relação, nossa postura”, afirmou Ana Patrícia.

Elize Maia e Thâmela avançaram às quartas
Elize Maia e Thâmela avançaram às quartas após vitória no tie-break (Ana Patricia/Inovafoto/CBV)

Talita e Maria Elisa garantiram a vaga nas quartas com uma vitória de virada sobre Taiana/Hegê, parciais de 20/22, 21/15 e 15/5. Bárbara Seixas e Carol Solberg avançaram ganhando por 2 a 0 de Erica Freitas/Thati (21/11 e 21/16). No primeiro jogo do feminino na quadra 1, Elize Maia e Thâmela venceram Juliana/Josi no tie-break (16/21, 21/11 e 15/4) para assegurar a classificação.

“Acho que o mais importante foi que a gente manteve nossa concentração no nosso objetivo e jogamos juntas. Com o vento, o jogo fica muito mais dinâmico. A gente soube aproveitar e ter paciência nos momentos difíceis. Thâmela está de parabéns. Fez uma grande sequência de saque, que foi o que deu força para a gente ir para o tie-break”, disse Elize.

Chave masculina

No torneio masculino da nona etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, a última vaga do dia foi para Vitor Felipe e Renato, que ganharam de Oscar/Thiago de virada: 20/22, 21/13 e 15/11.

“A gente treinou muito tempo, se preparou muito, e tivemos poucas oportunidades. A gente foi para o Mundial, foram dois bons jogos, mas a gente perdeu, então não conseguiu dar desenvolvimento, dar sequência, pegar o ritmo. Então aqui a gente está tendo uma nova oportunidade, passou por uma dificuldade hoje, mas a gente se juntou, soube sair dela, isso é muito bom para o time. Estou muito feliz de estar jogando com ele, estou aprendendo muito. É um moleque muito tranquilo, muito bom de bola. E a gente sabe que tem muito para evoluir e melhorar ainda”, comentou Vitor.

Vitória de Guto e Arthur Mariano foi no tie-break  vôlei de praia
Vitória de Guto e Arthur Mariano foi no tie-break (Ana Patricia/Inovafoto/CBV)

O dia, aliás, foi de jogos de três sets para definir as vagas diretas nas quartas de final. Bruno Schmidt e Evandro fizeram 2 a 1 (11/21, 21/18 e 15/9) em Felipe Cavazin/Luciano. George e André Stein também precisaram do tie-break para vencer Hevaldo/Adelmo (21/8, 20/22 e 15/12). Não foi diferente com Guto e Arthur Mariano, que superaram Lipe/Anderson Melo por 15/21, 21/14 e 15/12.

“A gente sabe que cada jogo que não tiver que jogar vai fazer diferença. Vão ser duas semanas seguidas de competição, e a gente sabe que, quando acontece isso, principalmente em Circuito Mundial, cada jogo, cada set, cada ponto que tenha a mais faz muita diferença. Então ter se classificado direto para as quartas é muito bom, já é um passo a mais. Circuito Brasileiro é o campeonato nacional mais disputado do mundo, e a gente sabe que não vai ter jogo fácil. Tem que ter cabeça. Vão ser duas semanas aqui que tem que estar focado, a mente principalmente. Manter concentração e foco tanto tempo é difícil. Então tem que se preocupar muito com a cabeça e a parte física, porque é o que vai fazer diferença lá no final”, analisou Guto.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Outras oito duplas de cada naipe disputarão a repescagem a partir de 8h (de Brasília) deste sábado (19), buscando as vagas restantes nas quartas de final da nona etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Confira os confrontos de repescagem:

8h – Saymon/Adrielson x Oscar/Thiago
8h – Pedro Solberg/Arthur Lanci x Bernardo Lima/Eduardo Davi
8h – Hevaldo/Adelmo x Lipe/Anderson Melo
8h50 – Leo Gomes/Gabriel Gouveia x Felpe Cavazin/Luciano
8h50 – Taiana/Hegê x Carol Horta/Cacá Richa
8h50 – Andressa/Vitória x Aline/Neide
9h40 – Josi/Juliana x Erica Freitas/Thati
9h40 – Tainá/Victoria x Verena/Angela

Mais em Vôlei de Praia