Siga o OTD

André:George e Alison:Álvaro Filho se enfrentam na final nesta quinta

Vôlei de Praia

André/George e Alison/Álvaro Filho se enfrentam na final nesta quinta

Depois de ficaram de fora da última etapa, André/George e Alison/Álvaro Filho confirmaram o favoritismo e vão disputar a final

Montagem

André/George e Alison/Álvaro Filho se enfrentam na final nesta quinta

Ausentes na última etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21, André/George (ES/PB) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB) voltaram à competição com força total. As duas duplas se enfrentam na final da oitava etapa Open masculina nesta quinta-feira (25.03), logo depois da disputa pelo terceiro lugar entre Arthur Mariano/Adrielson (MS/PR) e Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), que começa às 10h. Os dois jogos acontecem na arena montada no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), e terão transmissão ao vivo do SporTV 2.

Recuperados da COVID-19 que os afastou da última etapa, André Stein (ES) e George (PB) chegam à quinta final da edição 20/21 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Atuais campeões brasileiros, líderes do ranking e donos de três títulos na temporada, eles abriram o dia com vitória sobre Felipe Cavazin/Luciano (PR/ES) por 21/19 e 21/17. À noite, eles superaram Arthur Mariano/Adrielson (MS/PR) nas semis por 2 sets a 0 (21/16 e 21/18).

+Ágatha e Duda são campeãs do Circuito Brasileiro ao ganhar seis das oito etapas

“Estamos felizes demais. Voltamos de 15 dias parados devido à COVID-19. Agradecer à CBV pelo suporte, ficamos 10 dias aqui (em Saquarema), com alimentação – até demais (risos). Tivemos uma semana de preparação para esta etapa. A equipe do CT Cangaço mais uma vez cobrando 150%, e a gente tentando fazer nosso melhor. A gente sabe que ainda não está no melhor, mas chegar em uma final assim já mostra o potencial da nossa equipe”, disse André Stein.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Alison e Álvaro Filho (ES/PB), que não disputaram a etapa de fevereiro por causa do nascimento de Catarina, filha do campeão olímpico, chegam à decisão pela terceira vez nesta edição do Circuito Brasileiro. Com dois títulos na temporada, eles derrotaram Leo Gomes/Gabriel Gouvêia (RJ) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/19) nas quartas de final. Nas semifinais, outra vitória por 2 a 0 (21/15 e 21/14), desta vez contra Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), que jogaram o qualifying e chegaram até a disputa por medalhas.

“A preparação está sendo muito forte. Ano difícil também, a gente não sabe o que vai acontecer. A programação da comissão técnica fica semana após semana. Mas queria aqui dar os parabéns para o Lipe, para o Anderson, para a equipe deles, porque o que eles fizeram é muito difícil fazer. Principalmente pela humildade, pela história do Lipe. Sair de um qualifying e chegar em uma semifinal, respeitando todo mundo e jogando com muita humildade”, destacou Alison.

Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as semifinais não ficarão sem torcida. Os fãs do vôlei de praia têm a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Basta acessar um convite virtual para os internautas interagirem com o animador e participarem de ações nos intervalos das partidas. O sistema é exibido em telões na quadra central e leva animação e cores para dentro da competição.

Os torcedores também puderam eleger as melhores jogadoras em quadra de cada partida das semifinais por meio de votação no site e aplicativo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). André e Alison foram os escolhidos nos respectivos confrontos das semifinais. A disputa de bronze e ouro também contará com a votação.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa

Mais em Vôlei de Praia