Siga o OTD

Vôlei

Após perder o Carioca para o Fluminense, Rexona revê algoz na estreia da Superliga

Um duelo carioca entre o Fluminense (RJ) e o Rexona-Sesc (RJ) encerrará a primeira rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 16/17. Nesta terça-feira (01.11), o time das Laranjeiras fará sua estreia na competição contra o atual campeão, às 21h, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). O SporTV transmitirá ao vivo.

As equipes decidiram a última edição do Campeonato Carioca e na ocasião, o Fluminense levou a melhor por 3 sets a 2. O treinador da equipe das Laranjeiras, Hylmer, falou da expectativa para a competição.

“A Superliga é um campeonato duro e difícil. A conquista do Carioca nos dá confiança, mas temos que continuar trabalhando duro, nos manter focados e com os pés no chão para buscar a vaga entre as oito melhores equipes. Vai ser uma briga grande”, disse Hylmer.

Um dos mais tracionais clubes brasileiros, o Fluminense é a principal novidade nesta temporada da Superliga. O time das Laranjeiras venceu o primeiro campeonato brasileiro feminino de vôlei em 1976. Na volta à elite do voleibol, a equipe carioca montou um time experiente para a disputa da competição. A campeã olímpica Sassá é nome de referência no grupo, que conta ainda com jogadoras que já tiveram passagens pela seleção brasileira, como a oposta Renatinha e a central Letícia Hage.

Do outro lado da rede, o Rexona-Sesc manteve para Superliga 16/17 a base da equipe campeã da última edição. Do time titular seguem no grupo comandado pelo treinador Bernardinho a levantadora Roberta, a oposta Monique, as centrais Carol e Juciely, a ponteira Gabi e a líbero Fabi.

Na busca pelo 12º título da competição, o time carioca se reforçou com a ponteira holandesa Anne Buijs, que foi um dos destaques das europeias na campanha que culminou com o quarto lugar nos Jogos Olímpicos do Rio. Também chegaram à equipe a experiente levantadora Camilla Adão, a oposta Helô, a líbero Vitória e a central Stephanie.

O treinador Bernardinho, do Rexona-Sesc, fez uma análise dessa edição da Superliga.

“Acredito que quatro ou cinco times partem na frente pela força dos elencos. Na competição, muitas equipes podem surpreender como aconteceu com o Rio do Sul na temporada passada. O Dentil/Praia Clube se reforçou com um grupo mais forte. O Vôlei Nestlé também está com uma condição melhor e o Camponesa/Minas se inseriu em uma nova condição com a chegada da Hooker. Vamos brigar para ser competitivos e para chegar bem nos playoffs”, analisou Bernardinho.

Outro jogo

Também nesta terça-feira (01.11) acontecerá o jogo entre o Vôlei Nestlé (SP) e o Rio do Sul (SC), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP). A partida será válida pela quarta rodada do turno da competição.

1ª RODADA DO TURNO

27.10 (QUINTA-FEIRA) – Renata Valinhos/Country (SP) 1 x 3 Dentil/Praia Clube (MG) (19/25, 25/16, 18/25 e 18/25), no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP) – SporTV
27.10 (QUINTA-FEIRA) – Genter Vôlei Bauru (SP) 3 x 1 Camponesa/Minas (MG) (25/23, 25/21, 20/25 e 25/19), no Panela de Pressão, em Bauru (SP) – RedeTV
28.10 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (26/24, 25/15 e 25/23), no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP)
29.10 (SÁBADO) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) (25/18, 25/22, 22/25 e 25/18), no José Liberatti, em Osasco (SP)
30.10 (DOMINGO) – Sesi-SP 1 x 3 Rio do Sul (SC) (25/16, 21/25, 14/25 e 21/25), no ginásio do Sesi, em Santo André (SP) – SporTV
01/11/2016 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) x Rexona-Sesc (RJ), às 21h, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) – SporTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Vôlei