Siga o OTD

Vôlei

Brasil faz 3 a 0 no Peru e conquista o Sul-Americano Sub-20 de vôlei pela 19a. vez

Brasil faz 3 a 0 no Peru e conquista o Sul-Americano Sub-20 de vôlei pela 19a. vez

A seleção brasileira feminina sub-20 de vôlei é campeã sul-americana pela 19ª vez. Neste domingo (29.10), a equipe comandada pelo treinador Haírton Cabral venceu o Peru por 3 sets a 0 (25/19, 25/22 e 25/14), em 1h25 de jogo, em Uberaba (MG), na partida decisiva do Sul-americano Sub-20. Com o resultado, as brasileiras garantiram uma vaga no Mundial da categoria que será disputado em 2017, no México.

O Brasil terminou a competição com cinco vitórias em cinco jogos e apenas um set perdido. A Argentina ficou com a medalha de prata e o Peru com o bronze.

A partida ficou marcada por uma grande reação das brasileiras no segundo set quando reverteram um placar de 17/8 para as peruanas.

A ponteira Glayce teve atuação destacada no confronto e foi a maior pontuadora do duelo, com 15 acertos. A jovem atacante parabenizou a equipe brasileira pela conquista e agradeceu o apoio recebido pela comissão técnica.

“Estou muito feliz. Consegui jogar um bom voleibol e só tenho a agradecer as jogadoras e a toda a comissão técnica. Esse foi meu primeiro campeonato com a seleção brasileira e eles conseguiram me tranquilizar na competição. Todo o nosso trabalho foi recompensado com esse título. O grupo está de parabéns”, disse Glayce, que ainda foi eleita a melhor ponteira do Sul-americano Sub-20.

Melhores do campeonato:

A seleção do Sul-Americano Sub-20 teve a presença de quatro brasileiras. A atacante Lorrayna foi eleita a MVP e a melhor oposta. A levantadora Jackeline, a ponteira Glayce e a central Diana ficaram com os prêmios de melhores das suas posições.

O Brasil começou com Jackeline, Lorrayna, Karina, Glayce, Diana e Lorena. Líbero – Nyeme. Entraram – Beatriz, Amanda, Tamara e Júlia

Classificação final:

1º – Brasil
2º – Argentina
3º – Peru
4º – Uruguai
5º – Chile
6º – Paraguai

Melhores do Sul-Americano:

MVP – Lorrayna (Brasil)
Melhor levantadora – Jackeline (Brasil)
Melhor oposta – Lorrayna (Brasil)
Melhores ponteiras – Glayce (Brasil) e Leyva (Peru)
Melhores centrais – Diana (Brasil) e Agostina Beltramino (Argentina)
Melhor líbero – Valentina Gonzalez (Argentina)

Tabela da competição:

Quarta-feira (26.10)

Jogo 1 – Argentina 3 x 0 Chile (25/17, 25/8 e 25/18)
Jogo 2 – Peru 3 x 0 Uruguai (25/18, 25/9 e 25/10)
Jogo 3 – Brasil 3 x 0 Paraguai (25/13, 25/7 e 25/12)

Quinta-feira (27.10)

Jogo 4 – Peru 3 x 0 Chile (25/13, 25/12 e 25/15)
Jogo 5 – Argentina 3 x 0 Paraguai (25/8, 25/6 e 25/14)
Jogo 6 – Brasil 3 x 0 Uruguai (25/11, 25/9 e 25/10)

Sexta-feira (28.10)

Jogo 7 – Paraguai 1 x 3 Uruguai (25/20, 23/25, 18/25 e 19/25)
Jogo 8 – Peru 1 x 3 Argentina (31/29, 21/25, 20/25 e 23/25)
Jogo 9 – Brasil 3 x 0 Chile (25/11, 25/18 e 25/6)

Sábado (29.10)

Jogo 10 – Paraguai 0 x 3 Peru (9/25, 15/25 e 10/25)
Jogo 11 – Uruguai 3 x 0 Chile (25/17, 25/17 e 28/26)
Jogo 12 – Brasil 3 x 1 Argentina (25/22, 25/14, 23/25 e 25/20)

Domingo (30.10)

Jogo 13 – Chile 3 x 1 Paraguai (25/20, 19/25, 25/15 e 25/19)
Jogo 14 – Argentina 3 x 0 Uruguai (25/13, 25/10 e 25/14)
Jogo 15 – Brasil 3 x 0 Peru (25/19, 25/22 e 25/14)

Mais em Vôlei