Siga o OTD

Vôlei

Leal mostra lealdade e amor ao Cruzeiro e crava: “vou voltar”

Em live realizada com o portal Web Vôlei, cubano naturalizado brasileiro afirma que único time no Brasil pelo qual atuaria seria o Sada Cruzeiro e garantiu voltar um dia

Leal Filipe CBV Vôlei Michael Jordan
Cubano naturalizado brasileiro com o título da Superliga; ponteiro garantiu voltar um dia (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Se te pedirmos para associar uma cor ao coração de uma pessoa, muito provavelmente você escolherá o vermelho e acertará. Se o indivíduo escolhido for o ponteiro da seleção brasileira de vôlei e do Lube Civitanova, Yoandy Leal, porém, sua resposta estará errada, uma vez que o vermelho não tem a menor chance contra o azul do Sada Cruzeiro, clube que o projetou no vôlei.

+ Bruninho, Fofão e Serginho ficam no Top 5 da Champions nos últimos 20 anos

Em uma live realizada pelo portal Web Vôlei, o cubano naturalizado brasileiro declarou amor ao time mineiro pelo qual atuou por seis temporadas, sendo cinco vezes campeão da Superliga e declarou que deseja voltar.

“O único time que vou jogar no Brasil é o Sada. Pode demorar, pode levar dois, três anos, mas vou voltar, ” disse o leal ponteiro Leal.

Yoandy Leal

“Eu devo 100% do jogador que eu sou hoje ao Marcelo [Mendez, treinador do Sada Cruzeiro]. Aprendi tudo com ele. Foi foi um pai para mim tanto pessoalmente, quando desportivamente. Lembro de uma conversa que tive com ele no segundo ano, falei que queria ser o melhor jogador do mundo, e ele disse que então eu teria de treinar mais, que tinha de melhorar em todos os fundamentos. Eu aprendi a recepcionar no Sada. Aprendi a filosofia de grupo no Sada, com jogadores como o Filipe e outros,” acrescentou o atacante.

Títulos

Além dos cinco títulos com a camisa do Sada Cruzeiro, Leal foi quatro vezes campeão sul-americano de clubes e o tri mundial (2013, 2015 e 2016).

Leal tem um quarto título mundial, conquistado com o Lube Civitanova em dezembro do ano passado em Betim (MG). O adversário foi justamente o Sada Cruzeiro. Na ocasião, o time italiano bateu o brasileiro por 3 sets a 1.

Pelo Civitanova, Yoandy Leal foi campeão da Liga dos Campeões, Italiano, Copa Itália e Mundial de Clubes.

Atualmente no Civitanova, da Itália, o cubano naturalizado brasileiro Leal afirmou que, no Brasil, só defenderia o Sada Cruzeiro e garantiu voltar um dia
Com a camisa vermelha do Civitanova, Leal conquistou o título mundial de clubes contra o Cruzeiro em 2019 (Divulgação/FIVB)

Amor aos mineiros

Depois de passar dois difíceis meses em quarentena na Itália,  Leal pode voltar a Belo Horizonte e segue em isolamento social ao lado de sua família. A volta à capital mineira fez bem ao ponteiro, que estava com saudades de uma de suas cidades favoritas no Brasil, onde viveu por seis anos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“O que conquistou em BH foram as pessoas, muito acolhedoras. As pessoas me tratam não como jogador, mas pela pessoa que eu sou. Posso chegar, dormir, é muito natural… Tenho muitas amizades aqui,” disse Leal.

Retorno em breve?

O torcedor celeste terá de aguardar o retorno do cubano naturalizando brasileiro mais um tempo, entretanto. No início do ano, o Lube Civitanova renovou o contrato com o ponteiro por mais dois anos.

Para a próxima temporada, o cubano não terá mais bolas levantadas pelo amigo Bruninho, já que o capitão da seleção brasileira deixou a Itália após seis temporadas para defender o Vôlei Taubaté.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei