Siga o OTD

Vôlei

Brasil atropela Argentina e ganha segunda na Copa do Mundo

Depois de vencer a Sérvia, Brasil atropela Argentina por 3 sets a 0 e embala na Copa do Mundo de Vôlei Feminino; nesta segunda (16), encara a Holanda, às 5h (horário de Brasília)

FIVB

Não teve pra ninguém! O Brasil não deixou a Argentina ver a cor da bola, como dizem. Nesse domingo (15), às 5h da manhã, a Seleção atropelou as hermanas por 3 sets a 0 (parciais de 25 a 17, 25 a 19 e 25 a 16) e embalou a segunda vitória seguida na Copa do Mundo de Vôlei Feminino. Isso porque, no último sábado (14), venceu a Sérvia. Gabi Guimarães com 18 e Amanda com 11 foram as maiores pontuadoras do Brasil.

+ INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

O time verde e amarelo luta por uma conquista inédita. As brasileiras têm como melhores resultados três medalhas de prata (1995, 2003 e 2007). Agora, a Seleção encara a Holanda, novamente às 5h, dessa segunda-feira (16). Na Copa do Mundo, 12 seleções se enfrentam e a equipe que somar o maior número de pontos se sagrará campeã. A competição conta com a atual campeã mundial (Sérvia), o Japão (país sede) e as duas melhores seleções de cada continente no ranking mundial.

O jogo Brasil X Argentina

O Brasil começou o primeiro set mostrando como seria o ritmo do jogo. Abriu, de inicio, 8 a 4. Deixou a Argentina empatar, mas logo voltou a ter domínio das ações. Abriu vantagem de dois pontos, com Gabi e Amanda começando a mostrar o que viria a ser a dupla do jogo. O fundamento da Seleção Brasileira no jogo foi o bloqueio, responsável pela maior pontuação e que começou a ser fundamental logo no primeiro set. Fabi fechou: 25 a 17.

Superior na primeira etapa, o Brasil já começou a segunda parcial de forma avassaladora e abriu 4 a 0. A vantagem só aumentou, logo virou seis e, depois, dez. A Argentina tentou buscar, tentou reagir ou se recompor no jogo, mas a equipe comandada por Zé Roberto mantinha o objetivo. Final do segundo set: 25 a 19.

O jogo já se encaminhava para o final, seria difícil uma reação depois de parciais tão concretas para o Brasil. Mesmo assim, a Seleção manteve a calma e o bom bloqueio para abrir novamente vantagem na terceira etapa. Amanda assumiu a segunda posição como maior pontuadora do jogo e, muito consistente, foi fundamental no set. A Argentina ficou visivelmente abatida e não conseguiu buscar o placar, que acabou 26 a 16 e 3 a 0 para o Brasil.

AO VIVO: BRASIL X ARGENTINA – COPA DO MUNDO DE VÔLEI FEMININO

Mais em Vôlei