Siga o OTD

Hugo Calderano - WTT de Macau - tênis de mesa masculino individual equipes Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Os Olímpicos

Apostas Tóquio-2020 – Tênis de Mesa

Apostas Tóquio-2020 – Tênis de Mesa

São poucos os esportes em que um país domina por completo e que dificilmente deixa de ganhar um ouro sequer. Isso acontece com a Rússia no nado artístico e com a China no tênis de mesa.

Apesar de ser altamente distribuído e praticado no mundo, o tênis de mesa entrou pro programa olímpico apenas em Seul-1988, com disputas individuais e em duplas. Em Pequim-2008, os torneios de duplas foram trocados pelas provas em equipes e agora em Tóquio teremos a inclusão das duplas mistas, prova que é disputada em Mundiais desde 1926.

Em 32 disputas olímpicas na história, a China venceu incríveis 28 e soma ao todo 53 medalhas em 100 possíveis. No feminino, o domínio chinês é ainda mais impressionante, com 15 ouros em 16 provas, perdendo apenas nas duplas femininas em Seul-1988. Em 6 das 8 finais individuais femininas tivemos duas chinesas. E isso tende a se repetir este ano. No masculino foram 4 finais individuais apenas com chineses, incluindo nas três últimas Olimpíadas.

São poucos os que desafiam o domínio chinês e entre estes podemos citar os alemães Timo Boll e Dimitrij Ovtcharov, o sueco Mattias Falck, o brasileiro Hugo Calderano e o japonês Tomokazu Harimoto, que surpreendeu a todos ao vencer o Mundial Júnior em 2016 com apenas 13 anos e vai disputar os Jogos com 18 anos. No feminino, as japonesas Mima Ito e Kasumi Ishikawa, Feng Tianwei, de Singapura, e a taiwanesa Cheng I-Ching podem aprontar para cimas das favoritas.

Dificilmente fugiremos de cinco ouros chineses.

OuroPrataBronze
Individual masculinoMa Long (CHN)Fan Zhendong (CHN)Tomokazu Harimoto (JPN)
Equipe masculinaChinaJapãoAlemanha
Individual femininoChen Meng (CHN)Mima Ito (JPN)Sun Yingsha (CHN)
Equipe femininaChinaJapãoHong Kong
Duplas mistasXu Xin/Liu Shiwen (CHN)Lin Yu-Ju/CHeng I-Ching (TPE)Jun Mizutani/Mima Ito (JPN)

Mais em Os Olímpicos