Siga o OTD

Volta da França - Coronavírus - nova data

Uncategorized

Volta da França é remarcada para final de agosto

Tradicional prova francesa estava marcada originalmente para começar em 27 de junho

Volta da França estava originalmente marcada para junho (Foto: Twutter/letour)

Volta da França é remarcada para final de agosto

A tradicional Volta da França já tem uma nova data. Depois de ser suspensa devido à pandemia de coronavírus, a prova foi remarcada e será realizada entre os dias 29 de agosto e 20 de setembro, como informou a Federação Internacional de Ciclismo (UCI).

A Volta da França estava marcada originalmente para começar em 27 de junho. No entanto, dois fatores impossibilitaram que a competição acontecesse nesta data. O primeiro foi um decreto do presidente francês, Emmanuel Macron, que cancelou todos os eventos com grandes multidões até, pelo menos, meado de julho.

O segundo fator foi a extensão do período de suspensão do calendário internacional de ciclismo em um mês, até 1º de agosto para as competições do World Tour. Esta será a primeira vez que a Volta da França não será em julho desde 1946, logo após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Em nota, a entidade também esclareceu que o Giro D’Itália e a Volta da Espanha vão acontecer esse ano, após a Volta da França, mas ainda sem data definida. A prova italiana estava marcada originalmente para maio e da espanhola para meados de agosto

A UCI explicou ainda que as corridas de um dia, que incluem locais como França e Itália, dois dos países mais afetados pela pandemia de coronavírus, serão realizadas este ano, mas em datas ainda a serem definidas.

Por fim, a entidade também disse que está trabalhando para apresentar o calendário do World Tour feminino até o dia 15 de maio, no mais tardar, assim como a nova versão do calendário internacional, ressaltando que o novo calendário ainda dependerá da situação da saúde mundial.

“Ainda temos trabalho a fazer para finalizar um calendário internacional da UCI 2020 totalmente revisado, dada a pandemia de coronavírus que abalou o mundo. Mas um primeiro passo muito importante foi dado”, destacou David Lappartient, presidente da UCI.

Mais em Uncategorized