Siga o OTD

Tóquio 2020

Duplas brasileiras de tênis de mesa são eliminadas nas quartas de final

Brasil ainda tem mais uma esperança de medalha com Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos. Elas jogam nesta terça (31), às 22h

Israel Stroh, Paulo Salmin e Cátia Oliveira perderam nas duplas do tênis de mesa nos Jogos Paralímpicos de Tóquio
(Takuma Matsushita e Fábio Chey/CPB)

As duplas do Brasil começaram bem o torneio de equipes de tênis de mesa nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, mas acabaram sendo eliminadas posteriormente nas quartas de final. Os destaques foram Israel Stroh e Paulo Salmin, que fizeram um grande duelo nas oitavas, sendo derrotados depois pela dupla chinesa favorita. Além deles, Cátia Oliveira brigava por mais uma medalha, mas também não avançou.

O Brasil, no entanto, ainda tem mais uma esperança de medalha no tênis de mesa dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos, atletas da equipe feminina da classe 9-10, jogam na noite desta terça-feira (31), às 22h (horário de Brasília) contra a equipe da Turquia. Se vencerem, avançam à semifinal, o que já garante o pódio, uma vez que não há disputa de terceiro lugar na modalidade. Em 2016, no Rio, elas conquistaram o bronze.

+Tudo sobre o tênis de mesa nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Duelos do dia

No início da madrugada desta terça-feira (31), a dupla formada por Israel Stroh e Paulo Salmin venceu a equipe japonesa, composta por Masachita Inoue e Katsuyoshi Yagi, por 2 a 0, pelas oitavas de final da classe 6-7 masculina. Com o resultado, os brasileiros conseguiram a vaga para a próxima fase, na qual enfrentaram a forte equipe chinesa.

Na partida de duplas, Stroh e Salmin saíram atrás por 2 a 0, lutaram muito, conseguiram o empate, mas acabaram perdendo por 3 a 2. No segundo jogo, Israel Stroh foi superado Yan Shuo por 3 a 1, decretando a vitória chinesa no confronto por 2 a 0.

Mais cedo, na classe 1-3 do tênis de mesa, Cátia Oliveira e Marliane Santos encararam a Coreia do Sul nas quartas de final. Fizeram um jogo parelho de duplas, perdendo por 3 a 2. Na sequência, a medalhista de bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, Cátia Oliveira superou a Su Yeon Seo por 3 a 1, mantendo a dupla viva no jogo. No entanto, Marliane Santos foi derrotada Jiyu Joon por 3 a 0, fechando o duelo com vitória sul-coreana.

Mais Brasil

Na classe 9-10 masculina do tênis de mesa, Luiz Filipe Manara e Carlos Carbinatti se despediram dos Jogos Paralímpicos nas oitavas de final. Ele foram derrotados pelos australianos Ma Lin e Joel Coughlan. Na partida de duplas, vitória dos australianos por 3 a 0 (4/11, 6/11 e 5/11). Depois, o placar se repetiu no segundo confronto, de Carbinatti contra Ma Lin (3/11, 5/11 e 2/11). Desta forma, os australianos fecharam em 2 a 0.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Por fim, na classe 6-8, Millena Santos e Lethicia também se despediram da Paralimpíada nas quartas de final. Elas perderam para a dupla do Comitê Russo, Viktoriia Safonova e Maliak Alieva por 2 a 0. Foram superadas por 3 a 1 nas duplas e Millena sofreu o revés diante de Safonova por 3 a 0.

Mais em Tóquio 2020

viagra