Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Brasil classifica sete nadadores para as finais da natação do primeiro dia

Metade dos nadadores que caíram na água nas eliminatórias brigarão por medalhas a partir das 5h dessa quarta-feira (25)

(Alê Cabral / CPB)

Começou nesta quarta-feira (25) a disputa das provas da natação paralímpica, segunda modalidade com o maior número de representantes brasileiros, nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

As competições acontecem com grandes nomes da natação nacional e mundial na piscina do Centro Aquático de Tóquio. Ao todo, o país estará representado por 36 nadadores nas piscinas na capital japonesa. Desses, 14 caíram na água nesse primeiro dia de competições e a metade obteve tempos suficientes para ir às finais, sendo cinco homens e duas mulheres.

+ CONFIRA TUDO SOBRE A NATAÇÃO NOS JOGOS PARALÍMPICOS

O grande destaque foi Gabriel Bandeira. Um dos nadadores da nova geração paralímpica que tem tudo para brilhar em Tóquio, o atleta foi o 2º brasileiro a cair na água para os 100m borboleta da classe S14. Nadando na segunda bateria, fez o melhor tempo do dia com 56s78 e bateu o recorde paralímpico. Na bateria seguinte, o britânico Reece Dunn bateu o recorde com 55s99. Os dois brigarão pela medalha mais tarde.

As finais ocorrem na madrugada dessa quarta-feira (24), a partir das 5h da manhã. Você assiste tudo ao vivo no Olimpíada Todo Dia. Confira um resumo da natação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Classificados

Gabriel Geraldo foi o primeiro a competir. O atleta ficou em segundo em sua bateria nos 100m costas na classe S 2. Com 2min09s73, ficou com o quarto melhor tempo geral e se garantiu na final.

O terceiro a ir à final foi Phelipe Rodrigues (Gabriel Bandeira foi o segundo). Nos 50 m livre masculino da S10, ficou em 2º lugar na bateria com 23s74. Com isso, fez o terceiro melhor tempo. Na prova feminina, Mariana Ribeiro fez 28s41 na 1ª bateria e foi à final com a 4ª melhor marca: 28s71.

Nos 100 m borboleta masculino da classe S13, Douglas Matera ficou em quarto na 1ª bateria com 58s66. Com o sexto tempo, foi o quinto do país a avançar à final.

Lucilene da Silva Sousa ficou em 4º na 1ª bateria dos 100m borboleta feminino da classe S13 e ficou de fora da final. Na segunda eliminatória, Maria Carolina Santiago fez 1min07s30 e ficou em 2º. Com isso, avançou à final, sendo a 2ª brasileira a conquistar o feito no dia.

Nos 200 m livre masculino da S5, a lenda Daniel Dias ficou em 2º na sua bateria com 2min45s16 e foi à final com o 3º melhor tempo. Maior referência atual da natação brasileira paralímpica, Daniel é o atleta com mais pódios na história do Brasil, com 24 medalhas em apenas três edições dos Jogos, sendo 14 de ouro, sete de prata e três de bronze. Nessa prova, por sinal, o atleta é tricampeão.

Fora da final

Esthefany Rodrigues ficou em 5º na 2ª bateria dos 200 m livre feminino e não foi à final.

Ronystony Cordeiro da Silva e Eric Tobeira ficaram em 5º e 6º nos 50m peito na 1ª bateria da classe SB3 e não conseguiram avançar à final com o 5º tempo.

+ RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Fechando as eliminatórias, Caio Amorim Muniz de Oliveira e Gabriel Cristiano Silva de Souza nadaram os 100m livre masculino na classe S8 mas não chegaram às finais dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Reveja o 1º dia das eliminatórias

natação Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 Daniel Dias
Brasil contará com 36 representantes na disputa da natação paralímpica (Alê Cabral / CPB)

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Paralimpíada Todo Dia