Siga o OTD

Athos Schwantes - Pré-Olímpico de esgrima

Tóquio 2020

Schwantes volta à Europa em preparação para o Pré-Olímpico

Espadista fará treinos em Portugual e na Itália, acompanhado do técnico e de um parceiro, antes de seguir para a seletiva marcada para abril, no Panamá

Athos Schwantes, Alexandre Camargo e Ivan Schwantes, no embarque para Portugal (Divulgação)

Schwantes volta à Europa em preparação para o Pré-Olímpico

O esgrimista Athos Schwantes voltou a Portugal nesta quinta-feira (21) para dar sequência à preparação para buscar a vaga em Tóquio-2020 via Pré-Olímpico de esgrima do Panamá. Ele foi acompanhado do companheiro de equipe Alexandre Camargo e do técnico Ivan Schwantes.

O brasileiro permanecerá treinando no Rio Maior Sports Centre até a primeira semana de fevereiro e, posteriormente, segue para Roma onde complementará a preparação. Serão mais dois meses e meio de treinos contra alguns dos melhores atletas do mundo. De lá, sairá da Europa diretamente para a seletiva, marcada para meados de abril.

+Veja todas as notícias sobre esgrima

“Expectativa novamente de encontrar uma ótima estrutura em Portugal. E depois ir para a Itália, onde vou manter o treinamento com atletas fortes da equipe italiana e jogar com um ritmo bem forte. Tenho certeza que, com essa preparação toda, vou chegar no Pré-Olímpico muito preparado e com um ritmo muito forte para conquistar essa vaga”, garantiu Athos Schwantes

A disputa da vaga para Tóquio classifica dois atletas, um de cada gênero, em cada uma das armas. Athos Scwhantes foi o primeiro colocado no ranking nacional da espada masculina em 2019 e por isso está na briga.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Vale lembrar que esta é a segunda passagem de Athos Schwantes pela Europa, na preparação para o Pré-Olímpico. Em outubro, ele esteve em Rio Maior, acompanhado da mesma equipe e do também espadista Fabrizio Lazaroto, seguindo para a Itália na sequência e retornando ao Brasil em dezembro.

Todos fizeram testes para detecção da Covid-19 e, assim que tiverem resultados negativos confirmados, iniciam os treinamentos.

Mais em Tóquio 2020