Siga o OTD

Tóquio 2020

Grupos LGBT pedem medidas antidiscriminação antes dos Jogos

Mais de 100 organizações de defesa dos direitos humanos reivindicaram das autoriadades japonesas medidas nacionais antidiscriminação

Jogos Olímpicos estão marcados para julho de 2021 (Reprodução/Facebook)

Mais de 100 organizações que defendem os direitos humanos reivindicaram ao lado de grupos LGBT que o governo do Japão adote leis de não discriminação antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O protesto foi na sexta (15), dois dias antes do Dia Internacional do Combate à Homofobia.

Yuri Igarashi, diretor co-representante da Aliança do Japão para Legislação de grupos LGBT, afirmou que o adiamento dos Jogos Olímpicos em um ano dá ao primeiro-ministro, Shinzo Abe, mais tempo para “introduzir e aprovar proteções de benefício para todos no Japão”, segundo matéria do Inside the Games.

Em 2018, as autoridades de Tóquio adotaram leis de antidiscriminação destinadas a proteger os grupos LGBT. A medida, porém, não foi sancionada pelo governo do Japão para o território nacional.

No Dia Internacional do Combate á Homofobia, pessoas LBGT reivindicaram medidas antidiscriminação do governo do Japão antes dos Jogos Olímpicos
Shinzo Abe, à direita, foi pressionado pelos manifestantes (Instagram/shinzoabe)

Vale ressaltar que determinadas modalidades serão realizadas fora da capital japonesa. A maratona, por exemplo, vai ocorrer em Sapporo, cidade ao sul de Tóquio. A discriminação “de qualquer tipo” nos Jogos Olímpicos, inclusive por motivos de orientação sexual, é proibida pela Carta Olímpica.

“O esporte nos ensina que somos mais fortes quando estamos juntos, e agora é a hora de a comunidade esportiva global se solidarizar com os grupos LGBT no Japão”, disse Hudson Taylor, fundador e diretor executivo do Athlete Ally, uma organização que defende a igualdade no esporte.

No Brasil

O Dia Internacional do Combate à Homofobia foi criado em 17 de maio de 1990, data em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu retirar a opção sexual da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID).

No Brasil, o Dia Nacional do Combate à Homofobia entrou no calendário oficial em 2010, quando o então presidente Luís Inácio Lula da Silva acatou uma reivindicação que já perdurava por anos do movimento LGBT, formado por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Desde então, o tema tem sido motivo de debate entre o Legislativo brasileiro, tanto é que o Senado, por exemplo, analisou ao menos 18 pedidos sobre liberdade de gênero a partir de 2010.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Por meio das redes sociais, vários clubes postaram mensagens relacionadas ao Dia Nacional do Combate à Homofobia, entre eles São Paulo e Palmeiras.

https://twitter.com/Palmeiras/status/1262012495058710528

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Tóquio 2020