Siga o OTD

simon gauzy Ochsenhausen bundesliga de tênis de mesa calderano

Tênis de Mesa

Sem Calderano, Ochsenhausen perde confronto de líderes

Time do brasileiro não foi pareo para o Borussia Dusseldorf, que agora é líder isolado da Bundesliga. Jogo fechou o ano da liga alemã de tênis de mesa

Só Simon Gauzy não foi o suficiente para o Ochsenhausen (Foto: Nicolai Schaal)

Sem Calderano, Ochsenhausen perde confronto de líderes

O confronto mais esperado do primeiro turno da Bundesliga de tênis de mesa não foi dos mais emocionantes. Aliás, foi bem sem graça. Sem Hugo Calderano, o Liebherr Ochsenhausen foi superado pelo Borussia Dusseldorf por 3 a 1 em duelo que marcou o encontro de líderes da liga nacional da Alemanha. Mais uma vez, o brasileiro foi poupado.

Com a vitória, nesta segunda (21), o Borussia é agora o primeiro colocado isolado da competição, deixando o Ochsenhausen em segundo.

Foi o décimo confronto tanto do time de Hugo Calderano quanto do Borussia. Ambos entraram com oito vitórias e uma derrota, dividindo a primeira colocação da Bundesliga. Agora o time de Düsseldorf tem campanha de 9-1 contra 8-2 do Ochsenhausen. Em terceiro está o TTC Schwalbe Bergneustadt, com 8-3.

Hugo Calderano continua invicto na temporada alemã de 2020/21 e foi decisivo nesta sexta-feira (18). O mesatenista carioca, do Liebherr Ochsenhausen, fez o ponto que decretou a vitória do seu time, fora de casa, contra o Neu-Ulm. O duelo foi válido pela terceira rodada da Bundesliga de tênis de mesa e o jogador brasileiro ganhou as duas partidas que fez no triunfo por 3 a 1.
Calderano é o principal nome do Ochsenhausen na Bundesliga (Reprodução/Bundesliga-TTBL)

O duelo fechou o ano da liga de tênis de mesa da Alemanha. Os jogos estão marcados para voltar apenas em março, mais especificamente no dia 1º. O Ochsenhausen enfrenta o Königshofen em casa, enquanto o Borussia Düsseldorf recebe o Homburg, de Gustavo Tsuboi.

O confronto

O sueco Anton Kallberg fez 3 games a 1 (6:11, 11:6, 14:12, 11:4) para cima do americano Kanak Jha e abriu 1 a 0 para o Dusseldorf.

+ No Francesão, time de Jouti perde, mas o de Ishiy vence

Na sequência, o Ochsenhausen usou sua melhor opção. O francês Simon Gauzy, principal jogador do time na ausência de Hugo Calderano, foi com tudo para cima do também sueco Kristian Karlsson e fez 3 games a 0 (11:13, 9:11, 3:11), rapidinho.

Com o confronto entre o Liebherr Ochsenhausen e Borussia Dusseldorf empatado em 1 a 1, o time de Calderano escolheu o polonês Samuel Kulczicky, enquanto o adversário foi de Ricardo Walther, da Alemanha.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O alemão fez um 3 a 0 (13:11, 11:5, 11:8) em 20 minutos e recolocou o time de Dusseldorf em vantagem. Sem poder perder mais nenhuma partida, o Ochsenhausen recorreu, de novo, ao francês Simon Gauzy. Contudo, o sueco Anton Kallberg também venceu em games diretos (11:3, 11:4, 15:13) e selou o triunfo por 3 jogos a 1.

Mais em Tênis de Mesa