Siga o OTD

Tênis

Thiago Wild é o único brasileiro na chave de simples em Brasília

Thiago Wild venceu e terá o espanhol Nicolas Alvarez Varona como adversário no Challenger de Brasília. Rafael Matos e Orlando Luz venceram nas duplas

Thiago Wild Challenger de Brasília
(Fotos: Luiz Candido, CBT Divulgação)

Dos quatro brasileiros que entraram em quadra nesta quarta-feira no Challenger de Brasília, o paranaense Thiago Wild foi o único a vencer e segue com chances de ingressar às quartas de final. O evento vai até domingo, no Iate Clube de Brasília, e conta também com um torneio feminino ITF W60.

Cabeça de chave 7 e 132º do mundo, Thiago Wild entrou em quadra na terça-feira para a estreia contra o argentino Facundo Diaz Acosta (347º), mas a partida foi adiada por causa da chuva, quando o placar marcava 6/5 a favor do brasileiro.

-Perto do adeus, Formiga relembra momentos marcantes na seleção e projeta futuro

No recomeço da partida, nesta quarta, Thiago Wild conseguiu fechar o primeiro set no tiebreak e depois o segundo, com parciais de 7/6(1) 6/3. “Não comecei o jogo muito bem ontem, mas hoje evoluí o meu nível e me mantive forte mentalmente e fisicamente”, explicou Wild, que enfrentou o argentino pela primeira vez na carreira.

Por uma vaga nas quartas de final, nesta quinta-feira, Wild enfrenta o espanhol Nicolas Alvarez Varona (361º), em confronto inédito. “Com certeza, será mais um jogo duro. Todo mundo já ganhou um jogo, está com mais ritmo. Agora vou me preparar para jogar bem amanhã”, disse o paranaense.

Depois de estrearem com vitória, o brasiliense Gilbert Klier Júnior e o carioca Wilson Leite deram adeus à competição nas oitavas de final. Klier foi superado pelo argentino Pedro Cachin, por 3/6 6/3 7/6(5), enquanto Leite foi derrotado pelo cabeça 1, o argentino Federico Coria, por 6/4 7/6(5). Felipe Meligeni também se despediu ao perder para o argentino Juan Ignacio Londero, por 6/4 7/6(6).

Principal favorita ao título, a dupla formada pelos gaúchos Orlando Luz e Rafael Matos estreou com vitória no ATP Challenger 80. Eles venceram os argentinos Pedro Cachin e Francisco Cerundolo, por 6/4 6/2, e estão nas quartas de final.

Rafael Matos e Orlando Luz Challenger de Brasília
(Fotos: Luiz Candido, CBT Divulgação)

ITF de Brasília

Em mais um dia de jogos no ITF de Brasília, as brasileiras tiveram um dia de altos e baixos. Na chave de duplas, as atletas da casa conseguiram mais sucesso. Vivendo o melhor momento da carreira, Carolina Meligeni, que atua nas duplas ao lado da argentina Maria Carle, venceu as brasileiras Maria Luisa Oliveira e Julia Moraes por 6/3 e 6/1. “Foi uma boa estreia. Fizemos uma parceria de última hora, devido à desistência da Laura. Fomos nos encontrando e nos entendendo melhor com o passar dos games e conseguimos uma boa vitória”, completou.

Nesta quarta-feira, outra brasileira a entrar em quadra foi a paulista Thaísa Pedretti, que perdeu para a chinesa Xiaodi You por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 a 6/1. Nas duplas, ela formou parceria com a carioca Ingrid Martins, com quem venceu a chilena Barbara Gatica e a brasileira Rebeca Pereira por 6/1, 3/6 e 10-8.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Também nas duplas, Nathaly Kurata e a alemã Emily Welker venceram a holandesa Merel Hoedt e a alemã Luisa Meter por 6/1, 5/7 e 10-8 e avançaram para as quartas de final.

ITF de Córdoba

Em um dia de jogos com presença brasileira somente em partidas pela chave de simples, o Brasil teve resultados negativos. Na chave masculina, Mateo Reyes foi superado pelo argentino Juan Bautista Torres por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Na outra partida do dia, Nicolas Zanelatto sofreu o revés contra o argentino Leonardo Lopez, também por 2 sets a 0. Com o resultado, a dupla não tem mais chances de título na competição.

Mais em Tênis