Siga o OTD

As desistências dos adversários foram protagonistas para o Brasil nessa quinta-feira (25). Thiago Wild, Gabriel Décamps e a dupla formada por Rafael Matos/Orlando Luz não precisaram vencer dois sets ou até entrar em quadra para avançar. Os mais beneficiados foram os que disputam o Challenger de Brasília, na capital federal.

Único representante brasileiro na chave de simples, o paranaense Thiago Wild cabeça de chave 7 e 132º do mundo está nas quartas de final. Hoje, o brasileiro venceu o espanhol Nicolas Alvarez Varona (361º), em 2 sets a 1, parciais de 7/6(4) 5/7 3/2 ret.

“Já esperava um jogo bem duro. Apesar de nunca ter jogado contra ele, o conheço de longa data e sei que ele é um ótimo jogador”, afirmou Wild. Varona desistiu da partida sentindo dores na perna esquerda quando o relógio já marcava 2h40 de jogo.

Nas quartas de final, nesta sexta-feira, o paranaense enfrenta pela segunda vez na carreira o espanhol Jaume Munar, 84º e segundo favorito ao título, que venceu o argentino Santiago Rodriguez Taverna, de virada, por 4/6 6/2 6/1.

“Fizemos um jogo bem disputado em Montevidéu (2019), acabei perdendo, mas hoje me sinto mais maduro do que aquela época e acredito que será mais um bom jogo”, analisou Wild.

Entre os favoritos, além de Wild e Munar, os argentinos Federico Coria e Francisco Cerundolo, respectivamente cabeças 1 e 4, também estão nas quartas de final.

Semi verde e amarela

Principais favoritos ao título de duplas, os gaúchos Orlando Luz e Rafael Matos nem precisaram entrar em quadra para avançar à semifinal, pois a parceria formada pelo espanhol Nicolas Alvarez Varona e o argentino Facundo Diaz Acosta desistiu da partida.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Com isso, uma das semifinais será 100% brasileira nessa sexta-feira (26), o que já garante um dupla nacional na final. Os gaúchos enfrentam os paulistas Mateus Alves e Gustavo Heide, que nas quartas passaram pelos argentinos Juan Pablo Ficovich e Matias Zukas.

Desistências fazem Thiago Wild, Gabriel Décamps e Matos/Luz avançarem - Rafael Matos e Orlando Luz - Carol Meligeni
Rafael Matos e Orlando Luz chegaram à semi (Luiz Candido, CBT Divulgação)

ITF de Monastir

Outro brasileiro a contar com uma desistência nesta quinta-feira foi Gabriel Décamps, que atua pelo ITF M15 de Monastir, na Tunísia. Ele sequer precisou entrar em quadra para enfrentar o sérvio Marko Topo pelas oitavas de final. O 723º do ranking joga nesta sexta-feira contra o espanhol Adria Soriano Barrera, 925º colocado.

ITF de Brasília

A paulista Carolina Meligeni segue em sua trajetória na disputa do ITF de Brasília, tanto nas simples quanto nas duplas.

Pelo torneio individual, a brasileira a sérvia Katarina Jokic em três sets e avançou pela primeira vez na carreira às quartas de final de um ITF W60. O próximo compromisso é nesta sexta, quando enfrenta a paraguaia Veronica Cepede, (205ª) e a atual número 1 do Paraguai. O torneio acontece simultaneamente ao ATP Challenger 80 no Iate Clube de Brasília.

Única brasileira que segue na chave de simples, Carol Meligeni(250ª na WTA) teve um duelo de altos e baixos contra Jokic (813ª). Depois de um primeiro set bastante equilibrado, que terminou em 7 a 5 a favor da brasileira, a europeia dominou a segunda parcial e fechou por 6 a 0. No terceiro set, Meligeni se reencontrou no jogo para encaminhar o set em 6 a 3, encerrando o duelo em 2h34min.

“Foi um jogo duro, mas estou bastante contente, principalmente por ser a primeira vez que chego às quartas de final de um torneio W60.”, analisou Carol Meligeni. 

Desistências fazem Thiago Wild, Gabriel Décamps e Matos/Luz avançarem - Rafael Matos e Orlando Luz - Carol Meligeni
Carol Meligeni na partida de simples do ITF de Brasília (Luiz Candido, CBT Divulgação)

Três na semi de duplas

Mais tarde, nas duplas, Carol se juntou a argentina Maria Lourdes Carle e novamente venceu. Pelas quartas de final, a parceria passou fácil pelas brasileiras Sofia Mendonça e Júlia Klimovcz por 2 sets a 0 após duplo 6/1. Meligeni

Também nas duplas, Ingrid Gamarra e Thaísa Pedretti venceram Nathaly Kurata e a alemã Emily Welker por 2 sets a 0, com parciais 6/3 e 6/4 , 5/7 e 10-8 e avançaram para as quartas de final.

As três brasileiras estão em chaves opostas no torneio. Nas semifinais, Carol e Maria Lourdes agora encaram as cabeças de chave número 4 Dasha Ivanova (EUA) e Gabriela Lee (Romênia). Já Ingrid e Thaísa pegam Valeriya Strakhova (Ucrânia) e Olivia Tjandramulia (Austrália)

Mais em Tênis

viagra