Siga o OTD

Tênis

Thiago Monteiro vence mais uma e está na final do Challenger de Buenos Aires

Brasileiro passou pelo argentino Francisco Cerundolo e terá outro tenista da casa na final deste domingo. O dia foi de reta final também no ITF de Rio do Sul, em Santa Catarina

Thiago Monteiro Challenger de Lisboa estreia Portugal tênis Challenger de Buenos aires
(Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open/arquivo)

O brasileiro Thiago Monteiro venceu o argentino Francisco Cerundolo neste sábado (23) e se classificou para a grande final do Challenger de Buenos Aires. Ele fez 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/3. Na disputa pelo segundo título do ano, Thiago Monteiro terá pela frente outro tenista da casa, Sebastian Baez, neste domingo (23). Além do Challenger de Buenos Aires, o dia teve definições no ITF de Rio do Sul, em Santa Catarina, com os brasileiros dominando no masculino.

“Foi mais uma batalha por aqui. Mais um jogo parelho, onde prevaleceu estar firme mentalmente e se superar na reta final. Estive com um break abaixo no terceiro set, mas consegui emplacar um bom ritmo e fazer cinco games seguidos. O Cerundolo é um jogador com muita qualidade e muito peso de bola, então tive que me manter tranquilo mentalmente e tentar tomar a iniciativa quando possível. No final consegui aplicar bem isso”, analisou o tenista número 1 do Brasil e primeiro cabeça de chave na capital argentina. Neste ano, Thiago Monteiro conquistou o título no Challenger de Braga, em Portugal.

Santa Catarina

No torneio catarinense de tênis, a final da chave masculina será entre Pedro Boscardin e Gustavo Heide. Eles derrotaram nas semis deste sábado o argentino Facundo Juarez e outro brasileiro, Wilson Leite, por 2 a 0, com 6/3 e 6/4, e 2 a 1, com 2/6, 6/1 e 7/6 (3). A decisão está marcada para domingo (24). Na final de duplas, toda com tenistas da casa. Daniel Dutra e Igor Marcondes bateram Boscardin e Heide por 6/4 e 6/3 e ficaram com o título.

Igor Marcondes Daniel Dutra Silva campeões duplas ITF de Rio do Sul
Igor Marcondes e Daniel Dutra Silva (Luiz Candido/divulgação CBT)

Pedro Boscardin, de apenas 18 anos, alcança a primeira final em um torneio deste nível. “Consegui jogar muito bem. Conhecia ele e sabia que seria um jogo difícil, ele é um tenista com um melhor ranking, era cabeça de chave. Mas eu consegui me superar e fui bem nos momentos decisivos da partida. Agora, preciso me preparar para a final, que tenho certeza que será um grande jogo.” Heide também falou: “Venho de uma sequência de jogos muito duros, e com certeza amanhã será outra batalha com o Pedro. Ele é um dos meus melhores amigos no circuito, conheço ele muito bem e tem tudo para ser um belo jogo. Até hoje, nos enfrentamos nove vezes, sendo que eu venci cinco e ele venceu quatro.”

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Derrotas no feminino

No feminino o dia não foi bom para as brasileiras em Rio do Sul. Laura Pigossi e Carolina Meligeni perderam as semifinais para a chilena Daniela Seguel e a húngara Panna Udvardy, respectivamente, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/1, e 6/3 e 7/6, com 7/1 no tie-break. “Foi uma boa semana aqui em Rio do Sul, com as semifinais em simples e duplas, mas sei que posso ir além”, comentou Carol Meligeni. Na final de duplas, Seguel e a alemã Katharina Gerlach derrotaram a chilena Bárbara Gática e a brasileira Rebeca Pereira por 7/6 (8) e 6/3 e ficaram com o título. Já no ITF de Macon, nos Estados Unidos, Beatriz Haddad Maia perdeu uma das semifinais para a cazaque Zarina Diyas por 6/4 e 6/1.

Mais em Tênis

viagra