Siga o OTD

Brasil vence o Líbano por 4 a 0 pela Copa Davis

Tênis

Brasil vence o Líbano por 4 a 0 pela Copa Davis

Com o resultado, o país avança para o Qualifiers da Copa do Mundo do Tênis, que será disputado em 2022

(Lucas Balduino, CBT)

Brasil vence o Líbano por 4 a 0 pela Copa Davis

A rodada de Copa Davis do último fim de semana teve sabor de vitória para o Time Brasil BRB. Neste domingo (19), a equipe nacional confirmou o triunfo sobre o Líbano por 4 a 0 na casa dos adversários. Com o resultado, o país avança para o Qualifiers da Copa do Mundo do Tênis, que será disputado em 2022. O duelo foi disputado em Jounieh, a 16 km ao norte de Beirute.

A vitória no confronto foi garantida logo na primeira partida de domingo. Os gaúchos Marcelo Demoliner e Rafael Matos enfrentaram Benjamin Hassan e Hady Habib. No primeiro set, os visitantes venceram com facilidade por 6/2. Na parcial seguinte, os libaneses foram empurrados pela torcida local e conseguiram fechar em 6 a 3. No set decisivo, foi a vez de os brasileiros precisarem se superar. No terceiro game, os libaneses quebraram o serviço e ficaram em vantagem até o oitavo game, quando a quebra foi devolvida. O duelo foi decidido apenas no tie-break, com 7 a 5 a favor dos brasileiros. A partida teve 2h19min, fechando em 6/2, 3/6 e 7/6 (5).

Como havia vencido as duas partidas realizadas no sábado, com os triunfos de Orlando Luz e Felipe Meligeni sobre Benjamin Hassan e Hady Habib, respectivamente, o Brasil confirmou o triunfo por 3 a 0. Ainda assim, Matheus Pucinelli foi para quadra para fazer o quarto duelo do confronto contra Roey Tabet. O paulista venceu por 6/0 e 6/1.

Na sequência, Felipe Meligeni também teve trabalho e chegou a ser quebrado no segundo set, mas conseguiu fechar o jogo em 6/1 e 6/3. Esta foi a primeira partida de simples de Meligeni na Copa Davis, o primeiro como top 200 do ranking. “Foi uma partida bem intensa pra mim. Eu já tinha jogado duplas na Copa Davis, mas este foi o primeiro jogo de simples e é bem diferente. Muito contente por conseguir a vitória para o Brasil e abrir 2 a 0”, celebrou.

Percepções

“Todos os atletas estiveram muitos comprometidos dentro de quadra. Hoje, nas duplas, foi um jogo com várias emoções, que acabou se complicando um pouco quando os libaneses passaram a jogar muito bem. Mas no terceiro set nós soubemos mostrar superação, mesmo com um break abaixo, e entrar no jogo de novo para trazer essa vitória”, comentou o capitão Jaime Oncins.

Para a dupla brasileira, que atuou junto pela primeira vez na carreira, a vitória foi marcada pela superação devido às difíceis condições de calor durante a semana.

“Foi muito bom que passamos uma semana aqui treinando, então conseguimos nos adaptar bem às condições. Foi uma semana de muito calor, e também com a questão do piso, pois não estamos acostumados a jogar no har-tru. Mas tivemos um espírito de equipe muito bom, que é fundamental nestas semanas de Copa Davis,” destacou Rafael Matos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Toda essa gurizada treinou muito bem a semana inteira, deram o máximo. Apesar das condições difíceis, valeu pela superação. Com certeza, os treinos durante a semana foram fundamentais para confirmarmos o resultado dentro de quadra”, completou Marcelo Demoliner,

Brasil vence o Líbano por 4 a 0 pela Copa Davis (Lucas Balduino, CBT)

A competição

Neste confronto com o Líbano, o Brasil buscava a vaga no playoff para o Grupo Mundial de 2022 da Copa Davis. No entanto, ainda que vença o duelo, a classificação não é imediata. Isso porque o Grupo Mundial I, no qual está a equipe atualmente, tem 12 confrontos e os oito vencedores com melhor ranking na Davis avançam direto para o playoff em março.

As outras duas vagas serão decididas em confrontos entre as quatro equipes de pior ranking, em novembro deste ano. Isso acontece por uma mudança no regulamento da Copa Davis, uma vez que o Grupo Mundial passará de 18 para 16 participantes a partir de 2022. Ucrânia e Japão já estão classificadas no Grupo Mundial I, tendo vencido seus confrontos ainda no primeiro semestre.

Mais em Tênis