Siga o OTD

Copa Billie Jean King - Laura Pigossi - Carol Meligeni

Tênis

Laura Pigossi joga muito e Brasil segue vivo na Copa Billie Jean King

Carol Meligeni perdeu o primeiro jogo, mas Pigossi manteve Brasil vivo após batalha de quase 3h. Duelo segue no sábado (17), com no mínimo mais duas partidas

(Adam Nurkiewicz)

Laura Pigossi joga muito e Brasil segue vivo na Copa Billie Jean King

Não faltou emoção no primeiro dia dos playoffs da Copa Billie Jean King (antiga Fed Cup)! Nesta sexta-feira (16), Brasil e Polônia conseguiram uma vitória cada, deixando a decisão para o sábado (17). Laura Pigossi, em sua estreia em simples na competição, jogo muito e venceu uma batalha de quase 3h contra Urszula Radwanska, enquanto Magdalena Frech superou Carol Meligeni no primeiro jogo.

Agora as brasileiras voltam à quadra neste sábado (17) e farão, necessariamente mais dois jogos, já que o confronto é disputado em melhor de cinco partidas. Assim, quem chegar à três vitórias primeiro vence o duelo e garante vaga no qualificatório mundial da Copa Billie Jean King no início de 2022.

+Veja todas as notícias sobre tênis

E desta vez, os confrontos começam mais cedo. A partir das 7h (de Brasília), Laura Pigossi volta a entrar em ação e encara Magdalena Frech, no duelo de vencedoras até aqui. Posteriormente será a vez de Carol Meligeni desafiar Radwanska. E por fim, se ainda necessário, as duplas entram em quadra, com Luisa Stefani e Gabriela Cé, as melhores tenistas do Brasil no ranking atualmente, enfrentando Weronika Falkowska e Paula Kania.

Na história da Copa Billie Jean King, Brasil e Polônia se enfrentaram apenas uma vez. Em 1989, no Japão, as brasileiras superaram a equipe polonesa por 2 partidas a 1, com as vitórias de Gisele Miró e Luciana Tella.

Vele lembrar que, originalmente, esse confronto aconteceria em abril de 2020, mas foi adiado devido à pandemia. O duelo foi, então, remarcado para fevereiro deste ano, mas o adiamento do Australian Open resultou em nova mudança de datas na Copa Billie Jean King.

Os jogos

Carol Meligeni abriu o duelo diante de Magdalena Frech, mas acabou derrotada em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3, após quase 1h30 de jogo. A brasileira começou bem, bastante consistente em quadra, mas uma quebra de serviço a favor da polonesa definiu o primeiro set.

A segunda parcial foi mais agitada e Carol Meligeni conseguiu quebrar o saque de Frech logo no segundo game. No entanto, a polonesa encaixou o primeiro saque e a brasileira não conseguiu manter o ritmo, cedendo três quebras e sem conseguir se recuperar. Assim, o Brasil saiu atrás no duelo com a Polônia.

Já no segundo e último jogo do dia, entre Laura Pigossi e Urszula Radwanska, não faltou emoção. E quem levo a melhor foi a brasileira, vencendo por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (11-9), 3/6 e 6/2, em 2h53. Nenhumas das duas tenistas conseguiu confirmar seu serviço nos três primeiros games da partida, deixando a brasileira em vantagem, com 3 a 1. Mas a polonesa reagiu, foi buscar o empate e conseguiu forçar o tie-break.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

No desempate, mais emoção. Laura Pigossi começou melhor, abriu 6 a 1 e teve o set na mão. Mas novamente, com muitos erros, ela permitiu que Radwanska se recuperasse e empatasse a parcial, que ficou totalmente em aberto. E no detalhe, a brasileira enfim conseguiu fechar o set, após 1h16.

A segunda parcial começo equilibrada, até que Laura cedeu a primeira quebra de saque. A polonesa chegou a não confirmar o break, mas voltou a quebrar a adversária duas vezes na sequência para empatar o jogo. Já no terceiro set, a história foi diferente. A brasileira, muito sólida, não deu chances para Radwanska e abriu 4 a 0. Radwanska chegou a conseguir uma quebra, mas Laura Pigossi devolveu o break, sacou para o jogo e empatou o duelo para o Brasil na Copa Billie Jean Ki

Mais em Tênis