Siga o OTD

Copa Billie Jean King - Polônia e Brasil

Tênis

Brasil força 5º jogo, mas cai para Polônia e na Copa Billie Jean King

Brasil sai atrás na Copa Billie Jean King, força quinto jogo, mas perde nas duplas de virada e volta para o zonal continental

(Adam Nurkiewicz)

Brasil força 5º jogo, mas cai para Polônia e na Copa Billie Jean King

O Brasil bem que tentou, mas acabou perdendo para a Polônia nos playoffs da Copa Billie Jean King (antiga Fed Cup). Depois de empatarem no primeiro dia, as tenistas voltaram à quadra neste sábado (17) para definir o confronto e foram as donas da casa que saíram na frente, com derrota de Laura Pigossi. Carol Meligeni, ainda reagiu, forçando o quinto jogo ao lado de Luisa Stefani, mas acabou sofrendo a virada nas duplas e perdeu o duelo em 3 partidas a 2. 

Assim, a Polônia garante sua vaga no qualifying mundial da Copa Billie Jean King, que acontecerá no ano que vem. Já o Brasil. volta para o seu respectivo zonal continental.

+Veja todas as notícias sobre tênis

Esta foi a segunda vez na história que Brasil e Polônia se enfrentaram. O primeiro duelo aconteceu em 1989 no Japão, e as brasileiras superaram a equipe polonesa por 2 partidas a 1, com as vitórias de Gisele Miró e Luciana Tella.

Vale lembrar que, originalmente, esse confronto aconteceria em abril de 2020, mas foi adiado devido à pandemia. O duelo foi, então, remarcado para fevereiro deste ano. Mas o adiamento do Australian Open resultou em nova mudança de datas na Copa Billie Jean King. 

Os jogos

O dia começou com o confronto de vencedoras até então, entre Laura Pigossi e Magdalena Frech. E assim como no primeiro dia, a brasileira enfrentou uma batalha de mais de 3h. Desta vez, no entanto, ela acabou derrotada de virada, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6 (7-4). 

Na sequência, Carol Meligeni entrou em quadra precisando vencer para forçar o quinto jogo e manter o Brasil vivo na disputa. E ela cumpriu a missão. Diante de Katarzyna Kawa, que substituiu Urszula Radwanska, a brasileira teve vida mais fácil e venceu em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Por fim, foi a vez das duplas entrarem em ação para definirem o confronto. Carol Meligeni voltou à quadra, substituindo Gabriela Cé, reeditando a parceria com top 30 do mundo, Luisa Stefani, que foi bronze no Pan-Americano de Lima-2019. Após um primeiro set tranquilo para as brasileiras, as polonesas buscaram o empate e forçaram o terceiro e decisivo set. E desta vez, depois de muito equilíbrio, Carol e Luisa cederam a quebra no final da parcial e as polonesas fecharam o jogo com parciais de 1/6 e 6/2 e 6/4, decretando a vitória.

Mais em Tênis