Siga o OTD

Bia Haddad - Luisa Stefani - Ingrid Martins - Carol Meligeni

Tênis

Bia Haddad supera ‘batalha’, vence de virada e é campeã no ITF de Villa Maria

Em jogo de altos e baixos, brasileira superou a cabeça de chave número 2 do torneio por 2 sets a 1 e com isso volta ao top300 do mundo

(Instagram/biahaddadmaia)

Bia Haddad supera ‘batalha’, vence de virada e é campeã no ITF de Villa Maria

Bia Haddad Maia é campeã. Na manhã deste domingo (4), a tenista brasileira conquistou o ITF de Villa Maria, na Argentina. Na partida contra a britânica Francesca Jones, atual nº 213 do mundo, Bia superou uma verdadeira batalha de mais de 3h10min para vencer por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 6/2. Com o resultado, a atleta do Brasil soma 50 pontos no ranking mundial e volta a figurar no top 300 do planeta.

No duelo desde domingo contra a cabeça de chave número dois do torneio, Bia Haddad sofreu com o ritmo forte da adversária e teve problemas nas duas primeiras parciais. No terceiro set, quando tudo estava empatado, as atletas acabaram discutindo durante um ponto e o duelo virou completamente a favor da brasileira.

O jogo

O primeiro jogo mostrou como seria a partida. A britânica Francesca Jones, cabeça de chave número dois da competição, chegou a ter o triplo game point, mas Beatriz Haddad Maia buscou. Encontrando seu jogo, a brasileira conseguiu igualar e quebrar o saque da adversária no confronto. Entretanto, no game seguinte, Jones voltou a abrir 40/0 e, desta vez, não perdeu a oportunidade e igualou o placar em 1 a 1. 

Embalada pelo começo no jogo, Francesca Jones cresceu. Ditando o ritmo dos games e com mais uma quebra, a tenista britânica fez 4 a 1 no marcador e encaminhou a vitória no set. Na sequência do duelo, Bia Haddad conseguiu confirmar o seu saque, fazendo 4 a 2, e jogou um pouco de pressão para a adversária. 

-Minas segura Praia Clube, vence de virada e força o Jogo 3 da final da Superliga

Na sequência do duelo, Bia chegou a ter duplo break point para diminuir a desvantagem, mas Jones cresceu e teve o primeiro ponto do set, que foi salvo pela brasileira. Como resposta, Haddad aproveitou a chance e, com duas ótimas devoluções, confirmou a quebra e fez 5 a 4. 

No game seguinte, mais vida difícil para a brasileira. Com Francesca Jones buscando fechar, a brasileira foi colocada “contra a parede” algumas vezes e depois de alguns iguais confirmou o saque, empatando em 5 a 5. Após perder três games seguidos, a britânica foi dominante em seu serviço e rapidamente fez 6 a 5. 

Com vantagem no placar, Jones voltou a jogar como no começo do confronto e abriu 40/0. Pressionada, Bia Haddad cortou a diferença para 40/30, mas viu a adversária fechar a primeira parcial em 7/5.

Segundo set

Diferente da primeira parcial, Bia Haddad e Francesca Jones confirmaram os dois primeiros serviços no 2º set. No terceiro game, a tenista britânica enfrentou muitas dificuldades, salvou um break point e em erro da brasileira fez 2 a 1. Bia teve problemas em seu saque na continuação do duelo e, somente depois de dois iguais, voltou a igualar o placar, agora em 2 a 2.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Próximo da metade da parcial, Bia e Francesca seguiam confirmando seus serviços, apesar das dificuldades impostas pela adversária. Com o marcador em 4 a 4, a tenista brasileira foi ainda mais agressiva no saque da oponente e conseguiu a primeira quebra do segundo set,. Sacando para empatar a partida, Haddad Maia chegou a ter o triplo set point e desperdiçou a vantagem. Após a primeira igualdade, Bia voltou a ter o ponto para fechar a parcial e desta vez confirmou, fazendo 6/4.

Set desempate

Na terceira parcial, Bia Haddad Maia começou quebrando o serviço de Jones e abriu 2 a 0 no placar. Atrás do marcador, Francesca Jones passou a ser ainda mais agressiva no seu jogo, conseguiu confirmar o serviço e teve oportunidades de quebra na sequência e aproveitou, fazendo 2 a 2.

Durante o quinto game o jogo parou por um momento. Francesca Jones e Bia Haddad Maia tiveram uma discussão um pouco longa após um ponto, em que cada uma das atletas reclama da postura da adversária. Após os ânimos se acalmarem, a brasileira confirmou a quebra e voltou a estar em vantagem.

Embalada com o bom momento, a tenista do Brasil manteve o ritmo e de forma rápida aumentou a vantagem para 4 a 2, colocando pressão para Jones. Atrás do placar, desta vez a britânica não suportou o volume de jogo de Bia Haddad e sofreu mais uma quebra. Em seu saque, a brasileira não deu chances e confirmou a virada e o título com 6/2.

Mais em Tênis