Siga o OTD

Marcelo Melo volta a jogar no final deste mês, iniciando a temporada

Tênis

Quarentena na Austrália deixa janela curta para Melo treinar

Brasileiro e o romeno Horia Tecau têm apenas cinco horas livres por dia em Melbourne, onde se preparam para disputar o Australian Open a partir de 8 de fevereiro

Marcelo Melo volta a jogar no final deste mês, iniciando a temporada (Fotojump)

Quarentena na Austrália deixa janela curta para Melo treinar

O brasileiro Marcelo Melo tem se preparado diariamente para a sequência de torneios na Austrália. Após chegar ao país em voo fretado, o tenista mineiro já tem realizado treinamentos nas cinco horas em que pode ficar fora do quarto do hotel durante a quarentena.

Ao lado do romeno Horia Tecau, Marcelo Melo vai disputar o ATP 250 de Melbourne a partir do dia 31 deste mês. O torneio é preparatório para o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, marcado para o período de 8 a 21 de fevereiro.

+ João Menezes fica nas oitavas em Istambul; Cé avança em Antalya

“Está tudo certo por aqui, podendo treinar. Temos feito duas horas na quadra e, depois, uma hora e meia no ginásio, um local ao lado do outro. Na sequência, tempo para a refeição. Tudo muito coordenado, com todos bem separados. E com muita limpeza: após cada um deixar a quadra, o ginásio, tudo esterilizado. Até o elevador do hotel, depois de usarmos”, explicou o duplista mineiro.

Marcelo Melo Australian Open Horia Tecau tênis duplas
Marcelo Melo terá um novo parceiro para esta temporada (Divulgação/arquivo)

Marcelo Melo jogará os dois torneios na Austrália com Tecau, pois o holandês Jean-Julien Rojer, parceiro do brasileiro a partir desta temporada, será pai em fevereiro e não viajou para a Austrália.

Zero caso

Para viabilizar os torneios em meio à pandemia da Covid-19, uma série de protocolos foram definidos e precisam ser seguidos em Melbourne.

“Tudo muito bem organizado. Eles estão há 11 dias por aqui com zero caso. Então, temos de entender esse protocolo de segurança bem rígido. Faz parte. Pelo menos podemos treinar. Ainda falta um tempinho para começarmos a competir e está tudo tranquilo, como dá para ser, diante do que o mundo vem passando”, completou Marcelo.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

No restante do dia, fora dessas cinco horas, os tenistas permanecem nos quartos no hotel. Uma rotina que só poderá ser alterada após os 14 dias de quarentena, coincidindo com o início dos torneios, quando poderão circular por Melbourne.

Mais em Tênis