Siga o OTD

Bruno Soares Mate Pavic Masters 1000 Paris

Tênis

Bruno Soares e Marcelo Melo conhecem rivais do ATP Finals

Brasileiros caem em grupos diferentes e não precisarão se enfrentar na primeira fase da competição

Bruno Soares e Mate Pavic jogam para terminar a temporada como a dupla número um do mundo (twitter/rolexpmasters)

Bruno Soares e Marcelo Melo conhecem rivais do ATP Finals

Foi realizado nesta sexta-feira (13), em Londres, o sorteio para a definição dos primeiros confrontos da edição 2020 do ATP Finals. O torneio, que reúne os melhores tenistas do planeta, contará com a presença de dois brasileiros na chave de duplas: os mineiro Marcelo Melo e Bruno Soares.

Atual número um do planeta ao lado de seu parceiro, o croata Mate Pavic, Bruno Soares estreia na próxima segunda-feira (16), às 15h, horário de Brasília, contra o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin. A dupla lidera o Grupo Bob Bryan e brigará por uma das duas vagas para as semifinais com Granollers/Zeballos, Peers/Venus e Melzer/Roger-Vasselin.

+ Bellucci leva a virada e dá adeus ao challenger de Cary

“É sempre uma grande honra estar aqui. Se classificar para o Finals é sempre o objetivo número 1 do ano. É um torneio ultra especial, que você precisa conquistar o seu lugar. E estou mais motivado ainda depois que não ter conseguido me classificar no ano passado”, declarou o tenista.

Esta é a sexta participação de Soares no ATP Finals, que foi semifinalista em quatro edições. Dono de 33 troféus, Bruno vai em busca de encerrar o ano com um título inédito em sua carreira.

Marcelo Melo estreia domingo

Marcelo Melo e o seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, estão no Grupo Mike Bryan e farão a estreia na O2 Arena no próximo domingo (15), às 15h (horário de Brasília), diante do norte-americano Rajeev Ram e do britânico Joe Salisbury. As duplas dos alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies e do holandês Wesley Koolhof com o croata Nikola Mektic completam o Grupo Mike Bryan.

Marcelo Melo - ATP 500 de Viena
Marcelo Melo e Lukasz Kubot disputam o torneio pela quarta vez juntos (Instagram/ErsteBankOpen)

“De volta a Londres, para a disputa de meu oitavo Finals seguido. Muito feliz por estar aqui. Vamos que vamos, em busca dos resultados”, afirma o brasileiro.

Está será a oitava participação seguida (desde 2013) de Marcelo Melo no Finals, recordista entre os brasileiros, a quarta ao lado de Kubot, que jogou em seis temporadas. Nos sete anos em que já participou do torneio, foi duas vezes vice-campeão – em 2014 com o croata Ivan Dodig e, em 2017, com o parceiro polonês. No ano passado, Melo e Kubot foram semifinalistas.

O torneio

O ATP Finals reúne as oito melhores parcerias da temporada e está comemorando 50 anos, em sua despedida da capital inglesa. A partir de 2021, a cidade italiana de Turim receberá o Finals. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na primeira fase, as oito duplas são divididas nos dois grupos, jogando todas contra todas dentro dele. As duas melhores de cada um disputam as semifinais no dia 21. A decisão do título será no dia 22. Este ano, os nomes dos grupos das duplas são uma homenagem aos irmãos Bob e Mike Bryan, que deixaram as quadras nesta temporada. 

Grupos do ATP Finals

Grupo Bob Bryan
(1) Mate Pavic (Croácia) / Bruno Soares (Brasil)
(4) Marcelo Granollers (Espanha) / Horacio Zeballos (Argentina)
(6) John Peers (Austrália) / Michael Venus (Nova Zelândia)
(7) Jurgen Melzer (Áustria)/ Edouard Roger-Vasselin (França)

Grupo Mike Bryan
(2) Rajeev Ram (EUA) / Joe Salisbury (Grã-Bretanha)
(3) Kevin Krawietz / Andreas Mies (Alemanha)
(5) Wesley Koolhof (Holanda) / Nikola Mektic (Croácia)
(8) Lukasz Kubot (Polônia) / Marcelo Melo (Brasil)

Mais em Tênis