Siga o OTD

Após os bons resultados conquistados recentemente, Bia Haddad Maia saltou ssenta e uma posições no ranking da WTA e já é a 2ª melhor tenista do Brasil

Tênis

Bia Haddad salta no ranking da WTA e já é a 2ª melhor do país

A boa fase em em Portugal fez a paulista subir 61 posições no ranking mundial feminino. Apesar disso, distância para a melhor colocação da carreira ainda é grande

Bia Haddad Maia salta no ranking e já é a 2ª melhor do Brasil (Instagram/biahaddadmaia)

Bia Haddad salta no ranking da WTA e já é a 2ª melhor do país

Nenhuma brasileira subiu tanto no ranking mundial da WTA quanto a paulistana Bia Haddad Maia. Após os bons resultados conquistados recentemente, a tenista deu mais um grande salto entre as melhores do mundo, recuperou mais 61 colocações e já é a segunda melhor do país atualmente, aparecendo no 378º lugar

Em cinco torneios seguidos em Portugal, conquistou três títulos, um vice-campeonato e fez uma semifinal. Isso fez Bia Haddad a sair da 1.300ª posição para figurar de volta entre as 400 melhores do mundo.

A atual colocação de Bia ainda está longe de sua melhor na carreira. Em 2017, a paulista conquistou o 58º lugar.

Após os bons resultados conquistados recentemente, Bia Haddad Maia saltou sessenta e uma posições no ranking da WTA e já é a 2ª melhor tenista do Brasil
Bia Haddad Maia tenta voltar a ser a número 1 do Brasil no tênis (Divulgação)

Vale lembrar, porém, que além da paralisação dos torneios de tênis por causa da pandemia, a brasileira ficou suspensa por dez meses por ter sido flagrada em um exame anti-doping.

Ao todo, Bia Haddad ficou mais de um ano sem jogar. A última partida em 2019 havia sido em julho pelo Torneio de Wimbledon. Desde que voltou, em agosto, foram mais de 20 vitórias conquistadas nos ITFs de Montemor-O-Novo, Santarém, Porto, e Figueira da Foz.

Top 5 brasileiro

A única brasileira com mais pontos do que Bia Haddad no momento é a gaúcha Gabriela Cé, número um do país atualmente na 236ª posição.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Mesmo tendo anunciado a aposentadoria, a pernambucana Teliana Pereira ainda é a terceira melhor do país no ranking mundial da WTA, ocupando o 380º lugar. Logo atrás aparece a paulista Laura Pigossi, em 393º. A paulista Thaisa Pederetti ocupa o 398º lugar e é a quina melhor do Brasil.

Mais em Tênis