Siga o OTD

US Open diretrizes 2020

Tênis

Campeão do US Open 2020 ganhará 22% menos em premiação

Por conta da pandemia do coronavírus, Grand Slam americano terá valor em 2020 será de US$ 3 milhões, US$ 850 mil a menos do que em 2019

US Open terá premiação menor em 2020 (Divulgação US Open)

Campeão do US Open 2020 ganhará 22% menos em premiação

Primeiro Grand Slam a acontecer na retomada do tênis, o US Open será diferente em 2020. Além de toda preocupação com as questões de saúde e sanitárias em razão da pandemia do coronavírus, o torneio terá uma premiação menor este ano. Ao todo, o montante deste ano será cerca de 5% menor do que pago em 2019. 

A maior diferença de pagamento está para o campeão dos torneios de simples. No masculino e no feminino, quem conseguir levantar o troféu de campeão em 2020, ganhará US$ 3 milhões. Em uma comparação com 2019, o valor é US$850 mil menor. 

Recursos para ATP e WTA

Já em outras fases do US Open, ainda em comparação com a última edição, o valor não sofreu uma diminuição. O prêmio em dinheiro para a primeira rodada aumentou 5%. Os valores pagos aos tenistas da segunda rodada até as quartas de final também não sofreram alteração. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Além disso, a USTA (Associação de tênis dos Estados Unidos) confirmou que também vai fornecer US$ 6,6 milhões em subsídios para a ATP e a WTA (Associação de tênis masculina e feminina) de maneira igual para que as duas entidades usem da maneira que julgarem melhor.  

Rafael Nadal - US Open - Coronavírus
Nadal foi campeão do US Open em 2019 Instagram/rafaelnadal)

“Estamos orgulhosos de poder oferecer um pacote de remuneração para jogadores que mantém quase 95% do prêmio total a partir de 2019”, disse Mike Dowse, diretor executivo e diretor executivo da USTA. “A distribuição dos prêmios em dinheiro para o US Open de 2020 é o resultado de uma estreita colaboração entre as entidades e representa um compromisso de apoiar os jogadores e seu bem-estar financeiro durante um período sem precedentes.”

Nesta quarta-feira (5), Rafael Nadal oficializou que não disputará a edição de 2020 por conta do coronavírus. No feminino, Ash Barty também não irá disputar o Grand Slam americano. 

Wimbledon vai pagar os atletas

Mesmo sem acontecer em 2020 por conta da pandemia do coronavírus, Wimbledon vai pagar premiação aos atletas neste ano. Tendo um seguro que garantiria financeiramente o Grand Slam em caso de não realização, a organização conseguiu fundos para os tenistas. 

Além dos atletas do tênis convencional, a organização garantiu que os tenistas do torneio paralímpico e os juízes também receberão um valor em dinheiro.

Mais em Tênis