Siga o OTD

Surfe

Jack Robinson bate Medina e Filipinho e é campeão em G-Land

Com viradas na última onda contra Gabriel Medina na semifinal e Filipe Toledo na final, australiano Jack Robinson é campeão em G-Land pelo Mundial de surfe

Jack Robinson bate Medina e Filipinho e é campeão em G-Land
Ed Sloane/World Surf League

O australiano Jack Robinson roubou a cena na etapa de G-Land, na Indonésia, do Mundial de surfe. Com vitórias nos segundos finais tanto sobre Gabriel Medina na semifinal quanto sobre Filipe Toledo na final, ele conquistou seu segundo título seguido no tour, já que foi campeão também em Margaret River, e assumiu a vice-liderança da temporada, colado em Filipinho. No feminino, Tatiana Weston-Webb ficou entre as quatro melhores, mas a vencedora foi a francesa Johanne Defay.

O último dia de competições em G-Land começou nas quartas de final com Gabriel Medina fazendo a melhor apresentação da etapa ao somar duas ondas de nota 8,50 e 8,77 para superar o compatriota Jadson André por 17,27 a 9,16.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Na mesma fase, Filipe Toledo derrotou o americano Griffin Colapinto por 12,60 a 8,84 na revanche da final da etapa de Portugal. Nas outras baterias, Jack Robinson passou pelo japonês Kanoa Igarashi por 14,17 a 11,47 e o australiano Connor O’Leary venceu o sul-africano Matthew McGillivray por 12,77 a 7,07.

Veio então o duelo entre Gabriel Medina e Jack Robinson pela semifinal da etapa de G-Land do Mundial de surfe. O brasileiro vencia a bateria e tinha a prioridade na última série que entrou na bateria. O surfista de Maresias pegou a primeira onda e tirou uma nota 7, mas o australiano veio na de trás, conseguiu um 7,83 e superou o brasileiro por apenas 0,57 (13,90 a 13,33).

Logo depois da virada de Jack Robinson em cima de Gabriel Medina na última onda, Filipe Toledo garantiu vaga na final para enfrentar o australiano ao derrotar Connor O’Leary por 12 a 10,47 e evitar que a etapa de G-Land fosse decidida por dois surfistas do país da Oceania.

Na final, Jack Robinson pegou duas ondas médias e deixou Filipinho em combinação ao somar 11,83 pontos. O brasileiro só foi conseguir sua primeira boa nota depois de 15 minutos de bateria e tirou 7,83. Faltando oito minutos para o fim, Toledo conseguiu 5,33 e assumiu a liderança, mas acabou provando do mesmo veneno de Gabriel Medina.

Jack Robinson precisava de 6,67 para virar a bateria e segurou a prioridade até os segundos finais. Quando pegou a última onda, acertou uma sequência de três batidas no estouro do cronômetro, tirou 7 e venceu Filipe Toledo por 13,50 a 13,16 para conquistar o título da etapa de G-Land do Mundial de surfe.

Com o resultado, Filipinho segue na liderança com 32.240 pontos, apenas 80 na frente de Jack Robinson, que assumiu a segunda colocação. Depois de ficar fora das cinco primeiras etapas, Gabriel Medina é o 23º com 7.145, enquanto Ítalo Ferreira é o sexto com 22.215.

Feminino

Na disputa entre as mulheres, Tatiana Weston-Webb derrotou na madrugada deste sábado a americana Lakey Peterson nas quartas de final por 13,36 a 13,03. Com o resultado, a brasileira avançou para enfrentar na semifinal a havaiana Carissa Moore, mas não resistiu à adversária e perdeu por 13,83 a 7,50.

Na final, o título ficou com Johanne Defay, que superou Carissa Moore por 14 a 13,33. Apesar da derrota na decisão em G-Land, a havaiana assumiu a liderança do Mundial com 32.095 pontos, enquanto a francesa subiu cinco posições e agora é a terceira colocada com 28.980. O segundo lugar é da costarriquenha Brisa Hennessy com 30.320.

Quem também subiu cinco posições no ranking foi Tatiana Weston-Webb. Com a chegada na semifinal de G-Land, a brasileira passou do décimo para o quinto lugar no Mundial com 23.915. A australiana Tyler Wright é a quarta com 26.050.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Surfe