Siga o OTD

Surfe

Brasil classifica mais 6 surfistas no Challenger Series em Portugal

Após o 2º dia do Challenger Series, Brasil soma 12 atletas no Round de 48 masculino. No feminino, Silvana e Summer avançam

Brasil classifica mais 6 atletas no Challenger Series de Portugal de surfe
(WSL)

Nesta segunda-feira (4), mais seis baterias completaram a primeira fase da segunda etapa do Challenger Series masculino em Portugual. Dos oito surfistas do Brasil que entraram em ação, quatro avançaram ao Round de 48, somando 12 representantes do país nesta fase. Já no feminino, as surfistas fizeram sua estreia em Ericeira, e Silvana Lima e Bianca Summer Macedo avançaram.

No masculino, os destaques foram Caio Ibelli, Michael Rodrigues e Alejo Muniz, que venceram suas baterias e garantiram a classificação. Além deles, Jesse Mendes ficou em segundo na sua disputa e também carimbou o passaporte para a próxima fase. Assim, eles se juntam a Deivid Silva, Marcos Correa, João Chianca, Matheus Herdy, Thiago Camarão, Ítalo Ferreira, Samuel Pupo e Ian Gouvêa, que já haviam estreado e avançado ao Round 48 do Challenger Series em Portugal.

+Jônatas Castro assume time feminino de goalball de olho no estratégico Mundial

Por outro lado, Weslley Dantas, Luel Felipe, Alex Ribeiro e Victor Bernardo terminaram suas baterias em terceiro ou quarto lugares, não conseguindo, assim, a classificação. O mesmo aconteceu no primeiro dia com Michel Cardoso, Wiggolly Dantas, Rafael Teixeira, Edgard Groggia, Lucas Vicente e Lucas Silveira, que foram eliminados.

Agora, os 12 representantes do Brasil já classificados ficaram divididos em oito baterias. Na primeira, tem Deivid Silva e Marcos Correa, contra o australiano Connor O´Leary e o líder do ranking do WSL Challanger Series, Jake Marshall, dos Estados Unidos. Na segunda, estão João Chianca e o uruguaio Marco Giorgi. Ítalo Ferreira compete junto com Thiago Camarão na quinta, Mateus Herdy na sexta, Ian Gouveia na sétima e Samuel Pupo na oitava. Por fim, Caio Ibelli disputa a 10ª bateria, seguido de Michael Rodrigues na 11ª e Alejo Muniz e Jesse Mendes na última.

Feminino

No naipe feminino do Challenger Series de Portugal, o Brasil começou com três representantes. A única que não avançou foi Sophia Medina, que terminou a primeira bateria do campeonato em terceiro. Já Silvana Lima confirmou o favoritismo, vencendo sua disputa e avançando ao Round de 32, enquanto Summer Macedo ficou em segundo na sua bateria, se classificando também.

Por fim, a Challenger Series é o última fase da divisão de acesso para a elite do circuito mundial. São quatro etapas. A primeira foi o US Open of Surfing, realizada em Huntington Beach, Califórnia, entre 20 a 26 de setembro. A terceira será na França, na região de Hossegor, entre 16 a 24 de outubro, e a última é no Havaí, em Haleiwa, entre 25 de novembro a 7 de dezembro. No masculino, participam 96 atletas, sendo 34 da elite, 58 oriundos da Qualyfing Series e quatro convidados, dois deles das categorias de base.

Presença maciça

Em Ericeira, os brasileiros são maioria com 21 surfistas entre os 96 participantes. Dentre eles, destaca-se o campeão olímpico e mundial Ítalo Ferreira. Foi nesta praia da Reserva Mundial de Surf de Ericeira, onde Ítalo Ferreira decidiu o título mundial Pro Junior de 2014, vencido pelo português Vasco Ribeiro. E foi também em Portugal onde o potiguar fez sua primeira final no World Surf League Championship Tour, no ano que entrou na elite, em 2015

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Outro destaque brasileiro é Samuel Pupo. O paulista é o atual detentor do título conquistado na etapa do QS 10000 em Ribeira D´Ilhas em 2019. Ele vai disputar duas vagas para a segunda fase com outro brasileiro, Rafael Teixeira, o medalhista de prata na final olímpica com Ítalo Ferreira, Kanoa Igarashi, do Japão, e o australiano Kalani Ball. No feminino, o destaque é Silvana Lima.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Surfe