Siga o OTD

Tóquio 2020

Ingrid Oliveira garante vaga para o Brasil na plataforma de 10 m feminina

Com o 14.º lugar na qualificação, Ingrid Oliveira se classificou para a semifinal da Copa do Mundo e garantiu vaga nos Jogos Olímpicos na plataforma 10 m

Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Ingrid Oliveira garante vaga para o Brasil na plataforma de 10 m feminina

O Brasil conquistou mais uma vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio nos saltos Ornamentais. No fim da noite desta segunda-feira (3), Ingrid Oliveira terminou a prova da plataforma de 10 m da Copa do Mundo, realizada no Japão, dentro da zona de classificação para a Olimpíada e aumentou a delegação da modalidade para quatro.

Depois do trio brasileiro confirmar as primeiras vagas do Brasil em Tóquio nos saltos ornamentais, o país confirmou mais uma vaga para o Japão nesta segunda-feira. O Time Brasil chegou a anunciar também que Giovanna Pedroso havia se classificado na plataforma de 10 m, mas a informação foi corrigida na manhã desta terça-feira. Segundo a assessoria de imprensa, apenas a vaga da Ingrid Oliveira foi oficializada agora. A da Giovanna deve sair também, mas só será oficializada mais adiante pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Na disputa da classificatória, Ingrid Oliveira terminou com a 14ª colocação, com 285.30 pontos, e se classificou para a segunda Olimpíada da sua carreira. Além da vaga em Tóquio, a brasileira também se garantiu na semifinal da Copa do Mundo de saltos ornamentais.

Giovana Pedroso, dos saltos ornamentais, se classificou para os jogos olímpicos no mesmo dia que ingrid oliveira
Divulgação

Já Giovana Pedroso acabou a competição com a 20ª colocação, com 156.90 pontos. Apesar da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais garantir vaga para os Jogos Olímpicos para os primeiros 18 classificados, a brasileira também deve se garantir no Japão por conta da realocação de algumas vagas da competição.

Kawan Pereira faz história

Kawan Pereira obteve, nesta terça-feira (4), o melhor resultado brasileiro em Copas do Mundo de Saltos Ornamentais na história. O atleta, que já tinha garantido a vaga olímpica ao chegar à semifinal, terminou a disputa da Copa do Mundo de Tóquio com a décima colocação.

Kawan teve um desempenho excepcional na Copa do Mundo. Passando pela eliminatória com a quarta colocação (456,05 pontos), depois pela semifinal na sexta colocação (448,80) e, na final, mais uma grande apresentação com a décima colocação (409,90).

“A sensação é bem boa. Estou muito feliz com meu resultado, pois vim treinando muito forte nos últimos três meses para esta prova. Fico feliz por ser um resultado inédito. Não sabia disso, mas estou feliz e orgulhoso do trabalho que foi realizado”, disse Kawan.

Copa do Mundo como pré-Olímpico – Sistema de classificação dos saltos ornamentais:

Individual

– Doze primeiros colocados do Mundial de Gwangju 2019 (sem brasileiros)

– Dezoito primeiros colocados da Copa do Mundo de Tóquio.

– Caso haja, entre os 18 primeiros colocados na Copa do Mundo, algum atleta que esteve entre os 12 do Mundial de Gwangju, abrem-se, assim, novas vagas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Sincronizado

– Três primeiros colocados do Mundial de Gwangju (sem brasileiros)

– Quatro primeiros colocados na Copa do Mundo de Tóquio

– Caso haja, entre os quatro primeiros colocados na Copa do Mundo, alguma dupla que esteve entre as três primeiras do Mundial de Gwangju, abrem-se, então, novas vagas.

Mais em Tóquio 2020