Siga o OTD

Rúgbi

Yaras conseguem histórico sexto lugar na etapa de Dubai

As Yaras, como são chamadas as jogadoras da seleção brasileira de rúgbi, conseguiram sua melhor colocação numa etapa da Série Mundial de sevens

Brasil x Austrália etapa de Dubai da Série Mundial de rúgbi sevens
World Rugby

A seleção brasileira de rúgbi feminino garantiu neste sábado a melhor colocação de sua história em uma etapa da Série Mundial de sevens. As Yaras ficaram na sexta colocação entre as dez participantes do torneio. E, por pouco, a colocação não foi melhor. Na decisão do quinto lugar, as brasileiras chegaram a estar vencendo por 21 a 17 no intervalo, mas acabaram levando um try nos segundos finais e perderam por 22 a 21 numa disputa muito emocionante.

Para chegar ao resultado histórico, as Yaras ficaram na terceira colocação do Grupo A. Na sexta-feira, a equipe estreou com derrota para a França por 26 a 21, mas conseguiram vencer a Espanha por 26 a 12.

Neste sábado, o Brasil encarou logo de cara a favorita Austrália e não conseguiu segurar o adversário, que venceu por 38 a 5. O jogo seguinte foi contra os Estados Unidos, que costumam ser uma pedra no sapato das Yaras, mas elas abriram 7 a 0 no primeiro tempo e conseguiram se manter na frente até o final e venceram por 12 a 10.

Com duas vitórias e dois empates, o Brasil se classificou para a disputa do quinto lugar contra a Grã-Bretanha, que ficou em terceiro do Grupo B com três vitórias e uma derrota. Na sexta, as britânicas venceram a Rússia por 12 a 7 e a Irlanda por 26 a 15. No sábado, antes de enfrentar o Brasil, elas fizeram 24 a 7 no Canadá e perderam para Fiji por 28 a 5.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Ao final das cinco rodadas do Grupo B, a Grã-Bretanha terminou empatada com Fiji e Rússia com três vitórias e uma derrota, mas acabou em terceiro pelo saldo de pontos.

Na decisão do quinto lugar, a Grã-Bretanha saiu na frente aos quatro minutos com um try de Jasmine Joyce. O Brasil empatou no finalzinho na primeira etapa com Bianca Silva e virou na sequência com a conversão feita por Raquel Kochann, indo para o intervalo vencendo por 7 a 5.

Logo no comecinho do segundo tempo, Ellie Boatman fez um try e colocou a Grã-Bretanha em vantagem por 10 a 7. Aos quatro minutos, Edna Santini conseguiu um try, que foi seguido por uma conversão de Isadora Cerullo, que fez o Brasil não só passar a frente como abrir quatro de vantagem: 14 a 10.

O jogo ficou frenético nos minutos finais. As britânicas finalmente emendaram um try seguido de conversão com, respectivamente, Abbie Brown e Shona Campbell, virando pra 17 a 14. Mas, pouco depois, Gabriela Santini colocou o Brasil de novo na frente e, com a conversão de Raquel Kochmann, a vantagem era de 21 a 17 e a vitória estava perto.

Mas nos últimos instantes, Grace Crompton conseguiu o try que deu a virada definitiva para a Grã-Bretanha, que venceu por 22 a 21 e garantiu a quinta colocação.

Mais em Rúgbi

viagra