Siga o OTD

Paralímpicos

Supercopa de Futebol de 5 recoloca rivais frente a frente

Atuais campeões da Agafuc e ICB, que não participou da edição passada, voltam a se enfrentar no torneio que abre a temporada da CBDV

Supercopa Brasil Futebol de 5
(Foto: Divulgação/CBDV)

A Supercopa do Brasil de Futebol de 5 começa na próxima sexta-feira (28) reunindo os três melhores clubes da Copa Série A de 2020, além do campeão da Série B. A final está marcada para as 11h (horário de Brasília) de domingo (1º), com transmissão do SporTv.

A competição, além de abrir o calendário oficial da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV) na temporada, recoloca frente a frente o clássico entre os gaúchos da Agafuc e os baianos do ICB-BA, que não participou da edição passada.

Além de as equipes serem duas das mais vitoriosas da história do futebol de 5 brasileiro, os ICB se reforçou com dois jogadores da Seleção Brasileira, Jardiel e Gledson, para tentarem destronar o Agafuc, soberano no país nos últimos três anos.

“O que me levou a jogar no ICB em 2020 foi que eles me ofereceram um projeto muito bom. Já é um time multicampeão, e eu tenho certeza de que jogar com eles vai ser muito importante para minha carreira e para os meus objetivos”, afirmou o ala Jardiel.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Fundada no fim de 2010, a Agafuc cresceu em meio a um período de hegemonia do ICB, que enfileirou consecutivamente seis de seus sete títulos nacionais de futebol 5 entre 2009 e 2014.

Foi justamente o clube da cidade de Canoas quem interrompeu a série, em 2015, e conquistou as três últimas edições da Série A, além das duas da Supercopa realizadas até hoje, em 2019 e no ano passado.

“Já é certo que vamos ter pelo menos um enfrentamento na fase classificatória com o ICB. Sempre foi um grande clube e, nesse ano, se reforçou com dois jogadores diferenciadíssimos. Espero, como sempre, o grande clássico nacional dessa década”, destacou o meia Ricardinho, melhor jogador do mundo e líder da Associação Gaúcha de Futsal para Cegos.

O histórico entre os rivais comprova o equilíbrio. Em cinco confrontos, foram duas vitórias dos baianos, duas dos gaúchos e um empate (confira abaixo a relação completa).

“O ICB vai como um dos favoritos, assim como a Agafuc, tanto na Supercopa quanto em qualquer outra competição. Mas favoritismo não entra em quadra. Estamos fazendo nosso trabalho, treinando, mas é chegar dentro de quadra e jogar nosso futebol”, explicou o ala Jefinho, camisa 10 do Instituto de Cegos da Bahia.

Supercopa Brasil 2020

Além dos dois clubes já citados, participam do torneio a Apace-PB, convidada para o lugar do Cedemac-MA (vice em 2019 que abriu mão da sua vaga) e o Maestro-PR, campeão da Série B. Os quatro se enfrentam em turno único e os dois melhores avançam à decisão.

“As expectativas são grandes. Afinal, em dois anos de fundação, já estamos na Supercopa. Ficamos muito contentes por estar entre os melhores, ninguém chega até aqui sem uma equipe de qualidade”, ressaltou Renata Pozzi, diretora do time paranaense.

ICB x Agafuc no futebol de 5

2012 – Semifinal da Série A: ICB 3 x 2 Agafuc
2013 – não se enfrentaram
2014 – Final da Série A: ICB 2 x 0 Agafuc
2015 – Final da Série A: Agafuc 1 x 0 ICB
2016 – não se enfrentaram
2017 – Semifinal da Série A: Agafuc 1 x 0 ICB
2018 – Fase de grupos da Supercopa: Agafuc 1 x 1 ICB
2019 – não se enfrentaram

Mais em Paralímpicos