Siga o OTD

Os Olímpicos

Egito lidera grupo embolado e França chega a 5 vitórias seguidas

Egito lidera grupo embolado e França chega a 5 vitórias seguidas

Quatro equipes brigam pelas duas vagas do Grupo IV, enquanto a França segue invicta com campanha perfeita no Grupo III, onde Portugal ainda sonha com uma vaga.

Grupo III

Portugal abriu as disputas na sexta-feira contra a Suíça e e segue com ótima campanha em seu retorno, sonhando com a sua melhor campanha da história. A partida começou bem parelha e seguiu alternando os gols até o fim do 1º tempo, com vitória parcial portuguesa de 17-15, com 5 gols de Victor Iturriza. No 2º tempo, Portugal contou com um Fábio Magalhães inspirado, marcando 5 nos 10 primeiros minutos e Portugal abriu para 24-20, mas a Suíça foi buscando aos poucos e, com 5 minutos pro fim, encostou em 30-29, só que Portugal fechou com 3 seguidos e venceu por 33-29. Destaque para o suíço Andy Schmid, que marcou 11 gols na partida.

Mais um duelo disputado entre europeus veio na sequência, entre Islândia e França. A multicampeã França segue invicta em busca do 5º título mundial desde 2009. No 1º tempo, vitória parcial francesa com 16-14. A Islândia virou no começo do 2º tempo com 18-17 e seguiu na frente até 22-20, quando a França começou uma sequência e logo virou. Ludovic Fabregas marcou 4 nessa reação e a França venceu por 28-26.

No jogo final do grupo, a outra favorita Noruega venceu tranquilamente a Argélia por 36-23. O artilheiro do Mundial Sander Sagosen marcou 2 logo no início e a Noruega foi abrindo até o fim do 1º período com 17-11. No 2º tempo, nos primeiros 12 minutos a Noruega fez 9-2 e já tinha 26-14. Sagosen marcou 6 ao todo, somando 42 gols no campeonato. Com 75% de aproveitamento no ataque, a Noruega venceu mais uma e está em 2º lugar no grupo, perto das 4as.

Grupo IV

A Federação russa de handebol venceu sem dificuldades a Macedônia do Norte por 32-20, já abrindo desde o início da partida. Na metade do 1º tempo, o placar já era de 8-3 para os russos, que continuaram abrindo até chegar no intervalo com 19-9. Com enorme vantagem, os macedônios não eram grande ameaça e o placar foi abrindo até o final de 32-20. Principal jogador macedônio, Kiril Lazarov passou em branco na partida, errando 4 chutes ao gol.

Já os donos da casa seguem fortes rumo às quartas de final. O Egito venceu Belarus e encerrou o dia na 1ª colocação do grupo. Foi um primeiro tempo bem agitado, com os egípcios imprimindo potência desde o começo e chegaram na metade do período com vantagem de 12-5. A equipe egípcia continuou se impondo até a parcial de 21-14. No 2º tempo, Mohamed Mamdouh e Ahmed Elahmar marcaram 3 cada e o Egito liderava na metade do 2º tempo com 29-19 e fechou com 35-26. Foram ao todo 53 ataques egípcio contra 42 bielorrussos.

Eslovênia x Suécia

O jogo final do dia foi responsável por embolar totalmente o grupo. Eslovênia e Suécia empataram em um jogo tenso que contou com 13 suspensões de 2min, 8 para o lado sueco. No 1º tempo, a Suécia foi abrindo aos poucos enquanto os eslovenos praticamente só contavam com gols de Jure Dolenec, que marcou 4 dos 5 primeiros. Hampus Wanne liderava a Suécia, que abriu 4 de vantagem, mas o 1º tempo acabou com 15-14 para os suecos. No 2º tempo, a Eslovênia virou em 6min com 18-17, mas a Suécia conseguiu uma ótima sequência de 4 e virou para 21-18. Os gols iam se alternando até que, com quase 3min pro fim, a Eslovênia virou 27-26. Os suecos marcaram 2 para ter 28-27. Posso eslovena, Matej Gaber marcou no último segundo do jogo em seu único arremesso na partida e empatou 28-28.

Emboladíssimas, 4 equipes brigam pelas 2 vagas às quartas de final. Egito e Suécia tem 6 pontos cada e Rússia e Eslovênia 5. Na rodada final, os donos da casa pegam os eslovenos e, na sequência, a Rússia enfrenta a Suécia.

Copa Presidente – Grupo II

O Chile ficou a frente do placar contra a Áustria até os 10min finais, quando a equipe europeia virou e venceu por 33-31. Com isso, a Áustria irá disputar o 25º lugar. Vale ressaltar as 15 defesas do goleiro austríaco Thomas Eichberger e os 9 gols do chileno Erwin Feuchtmann, vice-artilheiro do Mundial com 37 gols.

No outro jogo, Marrocos venceu a fraca Coreia do Sul por 32-25. Num período de 20min no 2º tempo, os marroquinos marcaram 14 gols contra apenas 3 sul-coreanos. Com o placar, a Coreia do Sul terminará em 31º lugar, já que não haverá jogo pela colocação por conta da desistência de Cabo Verde.

Mais em Os Olímpicos