Siga o OTD

COB - Estácio - Bolsas de estudos

Olimpíada

COB oferece 50 bolsas de estudos integrais a atletas

Atletas olímpicos e pan-americanos do Brasil poderão se inscrever até o dia 16 de julho para concorrer a uma das bolsas

COB firma parceria com a instituição de ensino Estácio (Divulgação/COB)

COB oferece 50 bolsas de estudos integrais a atletas

O COB (Comitê Olímpico do Brasil) firmou uma parceria com a instituição de ensino Estácio e vai oferecer 50 bolsas de estudos universitárias de graduação e pós-graduação. Os beneficiados serão, assim, grandes nomes do esporte nacional, que tenham representado o país em Jogos Olímpicos e Jogos Pan-Americanos.

“Todos nós sabemos que a carreira de um atleta de alto rendimento é curta e que, após a aposentadoria, ainda há uma longa trajetória a ser percorrida. O atleta moderno precisa entender que o desenvolvimento de habilidades não deve se limitar ao treinamento e ao campo de jogo. Uma formação de qualidade também é fundamental para seu sucesso como esportista e um diferencial no pós-carreira”, diz Rogério Sampaio, diretor geral do COB.

+O papel de gestores esportivos na construção de um legado

A Estácio já conta com 500 atletas e paratletas em seu programa de estudos universitários. As inscrições para os interessados nas bolsas de estudos estão abertas até o próximo dia 16 de julho. Os atletas selecionados poderão escolher entre os diversos cursos oferecidos pela Estácio, nas modalidades de ensino presencial e a distância.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Dentre os nomes que já se beneficiaram da parceria entre COB e Estácio, estão os atletas olímpicos Brunno Mendonça (hóquei sobre grama), Rafael Buzacarini (judô) e Willian Giaretton (remo); e os medalhistas pan-americanos Renato Felizardo (vôlei), prata em Winnipeg 1999; Letícia Costa (ginástica artística), bronze em Toronto 2015; e Giullia Penalber (wrestling), bronze no Pan de Lima 2019.

Requisitos para pleito à bolsa:

-Ser atleta de uma modalidade esportiva que integra o programa olímpico dos Jogos de Tóquio 2020 e Pequim 2022 (Jogos de Inverno)
-Ter participado como atleta de uma edição adulta dos Jogos Olímpicos ou dos Jogos Pan-americanos
-Estar vinculado à uma confederação filiada ao COB
-Atuar no alto rendimento
-Ter a indicação de seu treinador ou clube de origem

Mais em Olimpíada