Siga o OTD

Jhennifer Conceição é ouro na Copa do Mundo de Kazan

Natação

Com mais 6 abaixo do índice, Brasil já tem 18 atletas aptos a nadar o mundial

Jhennifer Conceição e Gabriel Fantoni foram os destaques do dia no Troféu José Finkel, que dá vaga ao mundial de Abu Dhabi de piscina curta em dezembro

Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Com mais 6 abaixo do índice, Brasil já tem 18 atletas aptos a nadar o mundial

Um dos mais tradicionais torneios da natação brasileira, o Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu José Finkel teve o seu terceiro dia de competições nessa quinta-feira (12) na cidade de Bauru, no interior do estado de São Paulo.

+ Bruno Fratus confirma que tentará ir a Paris-2024 em busca do ouro olímpico

O Troféu José Finkel é de suma importância para os nadadores brasileiros. Isso porque definirá a seleção que defenderá o Brasil no Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos de piscina curta em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Ao todo, serão 20 atletas, convocados independente de gênero, para a competição marcada para ser realizada entre os dias 16 e 21 de dezembro, em Abu Dhabi, no Catar. Seis das 20 vagas serão obrigatoriamente para as nadadoras. A seleção será escolhida após o final do torneio e levará em conta as melhores marcas comparadas ao Mundial de piscina curta de Hangzou, na China, em 2018.

Até o início do dia, 12 atletas já tinham obtido índices para nadar o mundial de curta: Guilherme Costa, Gabi Roncatto, Felipe Lima, Fernando Scheffer, Vini Lanza, Giovana Diamante, Naná Almeida, Caio Pumputis, Léo Santos, Stephanie Balduccini, Viviane Jungblut, e Gabriel Fantoni.

Após as finais masculinas e femininas dos 100m livre, 200m borboleta, 50m peito e 50m costas, Gabriel Santos, Rafaela Haurisch, Léo de Deus, João Gomes Jr., Jhennifer Conceição e Guilherme Guido aumentaram para 18 o número de nadadores com índices para o Mundial do final do ano, sendo 11 homens e 7 mulheres.

Vale lembrar que 29 atletas já nadaram abaixo do índice. Como somente os dois primeiros de cada prova podem ir ao Mundial, o número de garantidos por ora é de 18.

Melhores do dia

Os grandes destaques foram Jhennifer Conceição e Gabriel Fantoni.

Nos 50m costas, Gabriel Fantoni, do Minas, conseguiu seu segundo índice para o mundial de Abu Dhabi ao vencer os olímpicos Guilherme Guido e Basseto, ambos do Pinheiros. De quebra, fez a segunda melhor performance dentre todos que bateram o índice ao fazer uma marca que lhe daria o 4º lugar nas eliminatórias dos 50m costas no Mundial de Hangzou de 2018

Jhennifer Conceição, nadadora que por pouco não foi aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, fez um tempo nos 50m peito abaixo do índice para nadar o Mundial de Abu Dhabi. Com uma marca que lhe garantiria na final no Mundial de 2018 da prova, a nadadora do Pinheiros se tornou a melhor nadadora do Finkel até aqui empatada com Gabi Roncatto.

Confira a programação de amanhã do Troféu José Finkel em Bauru.

100m livre

As finais do 3º dia do FInkel começaram com os 100m livre masculino e feminino. Nadadora olímpica caçula da seleção brasileira em Tóquio, Stephanie Balduccini deu novo show. A atleta do Paineiras venceu a prova com 53s71 e conseguiu seu segundo índice para o Mundial. Ana Vieira, do Pinheiros, ficou em 2º com 53s89 e Luana Ribeiro, do Minas, fez 54s12

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

“Meu técnico estava tremendo. Estou também chocada! É muito difícil, o esporte é muito complicado. Temos que dar o nosso melhor sempre. Estou chocada com o meu tempo. Fazer o índice e bater recorde é bom demais,” avaliou a nadadora do Paineiras após a prova.

Na prova masculina, leve decepção. Apenas Gabriel Santos, do Pinheiros, fez o índice. Gabriel venceu com 46s78, abaixo dos 47s23 necessários para ir ao Mundial. Pedro Spajari e Kaique Alves empataram em 2º com 47s31. O tempo do vencedor fica com a 10ª posição no comparativo com o Mundial de piscina curta de 2018.

Stephanie Balduccini, no Brasileiro Interclubes Juvenil de natação - jogos olímpicos de Tóquio - revezamento 4x100m livre

FInkel
Ricardo Sodré/SSPress/CBDA

200m borboleta

Giovana Diamante venceu a prova com 2min08s23. O tempo foi abaixo do índice de 2min09s76. Com a vaga nos 100m e nos 200m borboleta, Giovana subiu no ranking dos melhores índices técnicos com o tempo de hoje, aumentando assim suas chances de estar no mundial

A portuguesa Ana Catarina Monteiro ficou em segundo 2min09s35 e Rafaela Raurisch em terceiro com 2min09s71. Como a segunda colocada é portuguesa, Rafaela se tornou a 14ª a sair da piscina com o índice.

Na prova masculina, quatro nadadores que estiveram nos Jogos Olímpicos de Tóquio disputaram a final. Destaque para Léo de Deus, que venceu com um tempo de 1min52s33, abaixo do índice de 1min54s10. Na segunda colocação, Vinícius Lanza fez 1min52s53 e também conseguiu o índice (ele já havia conseguido o tempo necessário no 100m borboleta). A prova foi a mais forte do dia. Com os tempos conquistados, Léo e Vini seriam 9º colocados no Mundial de Hangzou de 2018.

50m peito

Jhennifer Conceição, do Pinheiros, fez 30s19, abaixo do índice de 30s69. Pamela Souza (Flamengo) ficou em 2º com 30s76 e Julia Sebastian (Minas) foi 3ª com 30s93.

Os 30.19 de de Jennifer Conceição coloca ela em 8o na projeção do Mundial iguala a posição da Gabrielle Roncatto dos 400livre, são as duas melhores no feminino até agora

A prova masculina foi muito disputada, com os cinco primeiros nadando abaixo do índice (lembrando que só os dois primeiros podem nadar no mundial). Ambos do Pinheiros, Felipe Lima fez 26s02 e João Gomes Jr. fez 26s07. Com o melhor índice técnico até aqui, Felipe Lima conseguiu sua segunda marca abaixo do estabelecido para nadar o Mundial.

50m costas

Na prova feminina, Júlia Goes venceu 27s02, sem índice que era 26s81 Já os homens tiveram uma grande prova. Nadadores que disputaram os 100m costas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, os GUilhermes GUido e Basseto eram favoritos nos 50m costas. Quem levou a vitória, no entanto, foi Gabriel Fantoni, do Minas, que conseguiu seu segundo índice para o mundial. Fantoni venceu o Troféu José Finkel com 22s93. Guido foi o segundo com 23s06 e Basseto 3º com 23s42.

Gabriel Fantoni - Troféu José Finkel - 50m costas - Mundial de Piscina Curta
(divulgação Minas)

Mais em Natação