Siga o OTD

Mundial de Esportes Aquáticos

Brasil é 5º no rev. misto da maratona aquática em Budapeste

Brasil faz prova de recuperação e termina em 5º lugar no revezamento 4×1,5km da maratona aquática no Mundial de Budapeste

Brasil no revezamento misto da maratona aquática do Mundial de Budapeste
Vivi, Cibelle e Bruce integraram a equipe brasileira que foi quinta colocada (Foto: CBDA)

O Brasil ficou em quinto lugar no revezamento 4×1,5km misto das águas abertas no Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Budapeste, na Hungria, neste domingo (26). A equipe formada por Cibelle Jungblut, Viviane Jungblut, Bruce Hanson Almeida e Guilherme Costa não fez um bom início, mas conseguiu se recuperar nas três últimas pernas. A Alemanha levou o ouro.

+ Etapa de Saquarema da WSL é adiada pela segunda vez

Esta é uma prova inédita em Mundiais de Esportes Aquáticos. Nela, competem dois homens e duas mulheres em cada equipe, sendo que cada atleta nada 1,5km. A ordem dos nadadores é decidida pela própria equipe, assim como acontece nas provas deste tipo na natação.

Como foi a prova

Cibelle Jungblut foi quem iniciou a disputa para o Brasil. Com muitos homens em ação, ela acabou ficando para trás e completou a primeira volta na 20ª colocação entre 21 atletas. A equipe tinha 2:52.1 atrás da então líder Grécia. Na sequência, a irmã de Cibelle, Viviane, foi quem nadou para a equipe brasileira.

Vivi conseguiu cortar bem a diferença para o pelotão dianteiro, também porque os quatro primeiros times do revezamento foram desclassificados por não passarem a boia do percurso. Ela subiu para a 12ª colocação e entregou para Bruce Hanson com uma distância de 1:32.1 para a líder Alemanha. Bruce teve um desempenho destacável e o Brasil subiu ainda mais, para a sétima colocação, a 38.2 dos líderes.

Na última perna, veio Guilherme Costa, o medalhista nos 400m livre e finalista nos 1.500m livre neste Mundial. Cachorrão fez uma ótima perna e conseguiu ganhar duas posições, ultrapassando a Austrália no sprint final. Assim, o Brasil encerrou em quinto lugar, com 48,6s atrás da líder Alemanha, que completou a disputa em 1:04:40.5, numa arrancada fantástica de Florian Wellbrock no fim. A Hungria levou a prata, enquanto a Itália, que fechou com Gregorio Paltrinieri, ouro nos 1.500m livre no dia anterior, foi bronze.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Provas da maratona aquática

Campeã olímpica, Ana Marcela Cunha não competiu no revezamento, mas está confirmada para as demais provas da maratona aquática neste Mundial. Ela competirá nos 5km já nesta segunda-feira (27), às 04h (horário de Brasília). Os 10km – distância olímpica – estão programados para a quarta-feira (29), enquanto os 25km, em que ela já conquistou quatro títulos, acontecerão na sexta-feira (02).

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Mundial de Esportes Aquáticos