Siga o OTD

Mundial de Gunástica 2021 Kitakyushu General Gymnasium

Laguna Olímpico

Japão receberá Campeonatos Mundiais de ginástica em 2021

Após torneio que marcou a volta de eventos olímpicos em Tóquio, japoneses anunciam mundiais de ginástica artística e rítmica para o ano que vem

O Kitakyushu General Gimnasium será o palco do Mundial de ginástica artística de 2021 (Divulgação/FIG)

Japão receberá Campeonatos Mundiais de ginástica em 2021

O último domingo (8) foi repleto de boas notícias para a ginástica do Japão. Primeiro, pelo sucesso na realização do Torneio Internacional “Amizade e Solidariedade” de ginástica artística em Tóquio. Foi o primeiro evento com atletas de outros países na capital japonesa desde o início da pandemia do coronavírus. Em segundo lugar, pelo anúncio feito pouco antes da competição, confirmando que o Japão receberá os próximos Mundiais de ginástica artística e rítmica, ambos no ano que vem. A data ainda não foi definida pela FIG (Federação Internacional de Ginástica).

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Siga

A cidade de Kytakyushu, onde por sinal nasceu o presidente da FIG, Motinari Watanabe, receberá pela primeira vez um Mundial da modalidade. Fica na ilha de Kyushu e tem cerca de um milhão de habitantes. A cidade durante muitos anos foi um dos polos siderúrgicos do Japão, mas tem procurado desenvolver atividades econômicas mais sustentáveis. O esporte seria uma das apostas para a revitalização da região.

O Mundial de ginástica artística será especial, pois marcará a 50ª edição do torneio. Kytakyushu, desta forma, entra no lugar de Copenhague, que em abril havia anunciado a desistência de receber a competição, em razão dos problemas econômicos causados pela pandemia, segundo os dirigentes locais.

Mundial esvaziado?

Na prática, porém, os dinamarqueses ficaram mesmo com medo de gastar muito dinheiro para um evento que possivelmente será esvaziado. Afinal, mesmo sem data definida, certamente acontecerá após a Olimpíada de Tóquio, adiada para o ano que vem em razão da pandemia.

Ao mesmo tempo, os japoneses acabaram ganhando por tabela o Mundial de GR, que ainda não tinha sede designada. O torneio de ginástica artística acontecerá no Kitakyushu General Gimnasium, enquanto o da rítmica terá como palco as instalações do West Japan Exhibition Centre.

West Japam Exhibition Centre Mundial de Ginástica
O Mundial de ginástica rítmica terá como sede o West Japan Exhibition Centre (Divulgação/FIG)

“Como legado pós-olímpico, esses mundiais são uma grande oportunidade para seguirmos com a promoção e o desenvolvimento da ginástica no Japão. Se pudermos mostrar que o Campeonato Mundial pode ser realizado mesmo diante de tantas dificuldades, acreditamos que isso poderá ser um farol de esperança para todos os esportes”, disse Hidenori Futagi, presidente da JGA (Federação Japonesa de Ginástica).

Sucesso em Tóquio

Ainda no domingo a FIG também comemorou a realização do Torneio Internacional de ginástica artística, chamado “Amizade e Solidaderiedade”. O evento, que reuniu atletas de quatro países (além do Japão, estiveram presentes ginastas dos Estados Unidos, Rússia e China), marcou o retorno das competições internacionais na cidade olímpica.

O evento foi realizado no Estádio Nacional Yoyogi, contando inclusive com a presença de torcedores. Cerca de 2.000 pessoas viram em ação alguns dos grandes nomes da ginástica mundial, como o russo Nikita Nagornyy, campeão mundial do individual geral em 2019, e o ídolo japonês Kohei Uchimura, dono de três medalhas de ouro olímpicas. O torneio também serviu de teste para medidas de segurança para atletas e público visando a Olimpíada do ano que vem.

“Nós nos divertimos muito. Por causa da pandemia, a maioria de nós não conseguiu treinar ou competir. Foi muito bom não apenas nos vermos novamente, mas também compartilharmos esta emoção”, disse Uchimura.

Mais em Laguna Olímpico