Siga o OTD

Ketleyn Quadros Mundiald de judô 2021

Judô

Ketleyn Quadros é derrotada em luta pelo bronze no Mundial de judô

Ketleyn Quadros é derrotada pela holandesa Sanne Vermer e encerra participação na 5ª colocação do Mundial de judô

(Abelardo Mendes Jr)

Ketleyn Quadros é derrotada em luta pelo bronze no Mundial de judô

Quatro brasileiros estiveram em ação na disputa do quarto dia do Mundial de judô em Budapeste, na Hungria, nesta quarta-feira (9). Medalhista olímpica com o bronze em Pequim 2008, Ketleyn Quadros esteve próxima da medalha, porém acabou derrotada para a holandesa Sanne Vermer na briga pela medalha de bronze, finalizando a sua participação na quinta colocação. Outros representantes brasileiros do dia, Aléxia Castilhos e Eduardo Yudy Santos caíram nas oitavas de final, enquanto Guilherme Schimidt parou na primeira luta.

+ Damiris acerta com time francês e terá sua segunda experiência na Europa

A trajetória de Ketleyn Quadros no Campeonato Mundial começou com duas vitórias tranquilas. Lutando na categoria até 63kg, a brasileira superou Laura Fazliu, do Kosovo, através de três punições, na primeira luta e depois bateu a norte-americana Alisha Galles com um Ippon.

Ketleyn Quadros
Ketleyn Quadros acabou derrotada na luta pela medalha de bronze no Mundial (Di Feliciantonio Emanuele/IFJ)

Nas quartas de finais, a brasileira acabou surpreendida pela eslovena Andreja Leski após sofrer um Ippon, porém conseguiu se recuperar na repescagem, quando superou a húngara Szofi Ozba com um novo Ippon e se garantiu na briga por uma medalha de bronze.

Confira a luta que valeu a medalha de bronze:

A adversária na luta decisiva foi a holandesa Sanne Vermer. Apesar de sair na frente com um waza-ari, a judoca brasileira acabou sofrendo do mesmo golpe pouco depois e acabou sendo derrotada após um Ippon. Com a derrota, a brasileira encerrou a sua participação com a quinta colocação no torneio, melhor resultado brasileiro até aqui.

Eduardo Yudy entra em zona classificatória para Tóquio

O Brasil ainda contou com outros três atletas no tatame neste quarto dia de competições do Mundial de judô. Lutando na categoria até 81 kg, Eduardo Yudy parou nas oitavas de final, porém teve muito o que comemorar. Com a sua campanha no mundial, o brasileiro entrou na zona de classificação direta para os Jogos Olímpicos de Tóquio ao superar o jordano Baker Alzidaneen e o confronto direto contra o sul-coreano Lee Sungho, em seus dois primeiros confrontos.

Mundial de judô
Eduardo Yudi carimbou sua vaga para Tóquio com sua campanha no Mundial (IJF)

Mesmo caindo nas oitavas para o belga Matthias Casse, que é o atual líder do ranking mundial da categoria, Eduardo Yudy se classificou para Tóquio de forma direta, abrindo a cota continental, que deverá contribuir para a classificação do também brasileiro Eduardo Barbosa, na categoria até 73kg. Desta forma, o Brasil deverá ter uma delegação em Tóquio com 13 atletas, sendo a única categoria sem representante a dos 57kg feminina.

Confira a vitória de Eduardo Yudy que o colocou na zona de classificação olímpica:

Outro representante da categoria até 81kg, o jovem Guilherme Schimidt acabou sendo derrota em sua estreia em campeonatos mundiais diante do alemão Dominic Ressel, com um waza-ari no golden score.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

Entre as mulheres, Aléxia Castilhos começou a sua trajetória com duas boas vitórias, diante da britânica Amy Livesey e a filipina Kiyomi Watanabe. No entanto, a brasileira acabou caindo para a cubana Maylin Del Toro Carvajal após sofrer um Ippon nas oitavas de final.

Mais em Judô