Siga o OTD

Maria Portela é a nova número um do mundo na categoria 70kg

Judô

Brasil soma oito medalhas no segundo dia do Pan do México

Maria Portela e Maria Suelen conquistam o ouro; Rafael Silva sofre lesão, não luta decisão e fica com a prata

Maria Portela conquistou o ouro neste sábado no México (MARINA MAYOROVA/IJF/arquivo)

Brasil soma oito medalhas no segundo dia do Pan do México

O Brasil conquistou oito medalhas neste sábado (21), segundo dia de disputa do Pan-Americano de judô, disputado em Guadalajara, no México. Maria Portela e Maria Suelen conquistaram os dois ouros do dia, enquanto Eduardo Yudy, Rafael Macedo, Rafael Buzacarini, Beatriz Souza e Rafael Silva foram prata, e David Moura ficou com a medalha de bronze.

Primeira brasileira a entrar no tatame no dia, Maria Portela começou com o pé direito vencendo a mexicana Jessica Gallegos. Na sequência, a lutadora bateu a venezuelana Elvismar Rodriguez para chegar à decisão; Na luta pelo ouro, Maria Portela conseguiu a revanche de 2019 sobre a porto riquenha Maria Perez e conquistou o ouro na categoria até 70kg.

Na categoria acima de 78kg, Maria Suelen e Beatriz Souza venceram os seus primeiros combates contra Yuliana Bolivar (PER) e Nina Cutro-Kelly (USA) e garantiram uma final brasileira no México. Na decisão, Maria Suelen conseguiu projetar Bia por ippon para conquistar, pela primeira vez, o título no Pan-Americano de judô e deixar a prata para a sua companheira.

Homens conquistam quatro pratas e um bronze, mas Baby sofre lesão

Lutando na categoria de atletas com mais de 100kg, Rafael Silva e David Moura começaram bem e garantiram presença na semifinal, em que apenas Baby conseguiu vencer, ao superar o venezuelano Freddy Figueroa. Já David Moura foi superado pelo cubano Andy Granda e caiu para a disputa do bronze.

Pan-Americano de judô Rafael Silva
Rafael Silva ficou com a prata após sentir uma lesão na coxa (Gabriela Sabau/IJF/arquivo)

A boa campanha de Rafael Silva, atleta do Time Ajinomoto foi encerrada de maneira prematura, já que o atleta precisou abandonar ao sentir uma lesão muscular na coxa e encerrar com a prata. David Moura por sua vez bateu o Pedro Pineda, da Venezuela e ficou com o bronze.

+ Brasil leva seis medalhas no primeiro dia do Pan do México

Lutando na categoria até 81kg, Eduardo Yudy começou bem ao derrotar o peruano Jesus Gavidia e avança às semifinais do Pan-Americano de judô, em que derrubou o argentino Emanuel Lucenti. Na decisão, foi imobilizado por Adrian Gandia, de Porto Rico e ficou com a prata.

Entre os lutadores até 90kg, Rafael Macedo iniciou a sua campanha vencendo Daryl Yamamoto, do Peru. Na semifinal o rival foi o canadense Mohab Elnahas com nova vitória do brasileiro. Na luta valendo o título, Rafael parou no waza-ari do cubano Ivan Felipe Silva Morales e garantiu a prata.

+ Categoria nova é pra tentar Tóquio e também Paris, diz Jéssica

Na disputa entre lutadores de até 100kg, Leonardo Gonçalves e Rafael Buzacarini se enfrentaram logo de cara por uma vaga na decisão. Melhor para Rafael, que venceu nas punições e avançou. Porém, o brasileiro sofreu um ippon de Shady El Nahas (CAN) na final e ficou com o vice-campeonato. Na repescagem, Léo Gonçalves foi superado por Roberto Florentino (DOM), encerrando a sua participação na quinta colocação.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Com isso, o Brasil fechou as disputas individuais do torneio com 14 pódios nos dois primeiros dias do Pan-Americano de judô. No domingo (22), a competição prevê a disputa por equipes.

Mais em Judô